TERÇA-FEIRA, 28-03-2017, ANO 18, N.º 6268
Alemanha
Supremacia do Bayern preocupa Liga
19:48 - 20-03-2017
Christian Seifert, diretor executivo da Liga alemã de futebol (DFL), mostrou-se preocupado com a «credibilidade» da Bundesliga dada a supremacia do Bayern de Munique nas últimas temporadas.

«Não os podemos culpar por isso, mas se o Bayern é campeão todos os anos nas próximas épocas não será positivo para a credibilidade da competição», disse em entrevista à revista Kicker, antes de atirar o exemplo de outros campeonatos:

«Em Inglaterra, há sempre cinco clubes que entram no início da época com o objetivo de conquistar o título. Em Itália três, em Espanha dois. Na Alemanha há 17 clubes que anunciam não fazer questão de desafiar o Bayern. É preciso mudar isso.»
Redação

NOTÍCIAS RELACIONADAS

comentários

13
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
bubu
22-03-2017 14:15
facil....se existir um teto salarial, isso resolve-se
Mettis
21-03-2017 19:08
Em Itália há 3? Quem são os outros 2? A Juventus não tem rivais à altura, é exactamente a mesma situação que na Alemanha. Mesmo assim, acho a liga alemã muito interessante do 2º lugar para baixo. Belas equipas, golos, estádios cheios, emoção, equilíbrio (excepto para a questão do título).
rimepa
21-03-2017 17:58
E no entanto é o campeonato com as maiores assistencias.E u diria que lá como em Itália e Espanha o dia que as arbitragens forem sérias talvez outros possam ganhar
xis007
21-03-2017 16:34
..Em Itália vão pelo mesmo caminho.
xis007
21-03-2017 16:34
O Mou tem razão... o Bayern tem tal poderio financeiro que qdo o Dortmund começa a preocupar, resolvem o problema comprando o seu melhor jogador..Gotze, Hummels, Lewandowsky...
123

mais de ALEMANHA

Alemanha Apesar de os germânicos terem vencido com tranquilidade no Azerbaijão (4-1), em jogo de apuramento para o Mundial 2018, Mats Hummels apontou algumas críticas à postura da
Alemanha A Alemanha venceu esta tarde o Azerbaijão por 4-1, porém o selecionador Joachim Low acredita que ainda há muito para melhorar. «Vencemos os cinco jogos, que era o noss

destaques