Héctor Villalba  (foto AP)
Héctor Villalba (San Lorenzo) na mira da Roma
Por Nuno Pedro Fernandes

O médio-ofensivo Héctor VIllalba, de apenas 19 anos, que se destacou este ano ao serviço do San Lorenzo, campeão no Torneio Inicial, é um dos talentos argentinos que mais expectativas tem criado nos últimos tempos face à qualidade exibida. O promissor futebolista brilhou ao apontar um bonito golo em que percorreu todo o campo em grande velocidade até disparar violentamente para o fundo das redes.

Este célebre golo apontado ao Racing Avellaneda, no Torneio Final 2013, valeu imediatamente a Héctor Villalba as habituais comparações a Maradona e a Messi, embora a jogada pouco tenha a ver com a exuberância técnica apresentada por estas duas referências do futebol mundial. Assim, o que se torna realmente importante realçar, analogias à parte, é a panóplia de predicados que levaram o técnico Juan Antonio Pizzi (mudou-se para o Valencia, de Espanha) a apostar nele.

Héctor Villalba é um jogador muito rápido, pelo que, apesar de, por natureza, ser um número dez, pode igualmente atuar sobre os flancos. Inteligente, revela boa leitura de jogo e possui nível técnico muito elevado. Aos 19 anos, o médio criativo dá fortes indicações de ter ainda um largo potencial por desenvolver, podendo evoluir até um patamar de grande classe, como se viu na segunda metade de 2013: neste último Torneio Inicial, ‘Tito’ Villalba confirmou ainda mais o seu ao fazer três golos em 19 jogos, oito dos quais a titular.

Um dos clubes que já sondou o futebolista foi o Dnipro Dnipropetrovsk, da Ucrânia, que esta época defrontou o P. Ferreira na Liga Europa. O clube orientado por Juande Ramos prepara-se para perder a estrela Yehven Konoplyanka e Héctor Villalba apresenta muitas semelhanças com o internacional ucraniano. De Itália, a Roma, sempre atenta aos talentos emergentes sul-americanos através do seu diretor geral Walter Sabbatini, mantém igualmente debaixo de olho este futebolista que aos dez anos foi escolhido entre 500 miúdos para representar o San Lorenzo.

Recentemente circularam rumores sobre a possibilidade do empresário português Jorge Mendes tratar da transferência de Héctor Villalba, cujo passe pertence na totalidade ao clube do bairro de Boedo, em Buenos Aires. Com a saída do técnico Juan Antonio Pizzi para os espanhóis do Valencia abrem-se as portas a um possível ingresso nos ‘Ches’, o que faria todo o sentido na perspetiva de uma futura venda de Éver Banega, o patrão da equipa.

B.I.:
Nome completo
Héctor Daniel Villalba
Data de nascimento
26 de julho de 1994 (19 anos)
Naturalidade
Buenos Aires (ARG)
Peso
67 quilos
Altura
1,72 metros
Posição
Médio-ofensivo
Percurso
San Lorenzo (ARG)
22:47 - 25-12-2013


VÍDEOS RELACIONADOS




PARTILHAR
             
COMENTÁRIOS

Não existem comentários.

A BOLA DE TALENTOS
Defesa-central de apenas 20 anos, Nicolás Freire já leva mais de duas dezenas partidas oficiais pelo Argentinos Juniors desde que se estreou, há sensivelmente um ano, e afirma-se, progressivamente, como um dos valores mais interessantes a atuar no país das pampas, sobretudo naquela posição, algo depauperada de jovens com potencial. A boa compleição física e o estilo mauzão fazem com que Freire se destaque imediatamente em campo, tratando-se portanto de um jogador que já começa a justificar atenç

23:55 - 18-04-2014
DESTAQUES
ÚLTIMAS - DESPORTO
ÚLTIMAS - OUTROS MUNDOS
ÚLTIMAS - NOVIDADES AUTO
© A BOLA Sociedade Vicra Desportiva