TERÇA-FEIRA, 30-05-2017, ANO 18, N.º 6331
Bruno Sousa
Campeonato Portugal
Bruno Sousa (UD Oliveirense) trocava a alegria de treinador pela de jogador
20:26 - 19-05-2017
A carreira de jogador encerrou de forma prematura, mas sobrou-lhe perseverança e entusiasmo para vencer momentos de agonia, incerteza e choque. Bruno Sousa voltou a viver uma alegria inolvidável com a subida da UD Oliveirense, gracejando e pulando em fartura.

O antigo lateral manteve a ligação ao clube que mais tempo serviu e, coadjuvando Pedro Miguel, saboreou o regresso aos campeonatos profissionais, no ano imediato à dolorosa despedida da Liga 2. A euforia só não é plena pela falta de uma vivência no relvado, que acentua esmagadoramente a paixão pelos grandes momentos.

«Foram emoções diferentes, o melhor mesmo é estar do lado dos jogadores, lamento muito não ter podido ajudar no campo. Mas é uma emoção muito forte na mesma, porque sinto idêntica paixão pelo futebol e pelo clube. Foi fantástico e é uma honra termos conseguido esta tão desejada e projetada subida. Foi alcançada com todo o mérito», destaca Bruno Sousa, atualmente com 36 anos, ainda tocado e algo abalado por ter sido forçado a pendurar as chuteiras a meio de 2012/13, alertado pelo risco de ficar paraplégico face a gravíssima lesão que lhe afetava a medula e lhe condicionava a ação diária.

«Já vão quase cinco anos. Foi um momento muito complicado mas é uma realidade que tenho de enfrentar. É pena que assim seja, sentia-me em perfeitas condições de ter continuado a jogar e hoje podia estar aqui a falar como mais um jogador desta campanha», regista Bruno Sousa, expondo a sua situação perante o olhar cúmplice de antigos colegas de balneário como José Pedro, da sua idade, e Oliveira.

«Os meus festejos foram como jogador, a paixão está aqui dentro, vai morrer comigo. Custa-me muito vê-los treinar diariamente e ter a vontade de os acompanhar e não poder. Infelizmente já não é possível ter esse tipo de participação, mas vou encarando a minha vida como treinador com outras responsabilidades», atesta Bruno Sousa, que cumpriu oito épocas como jogador em Oliveira de Azeméis, mantendo a ligação ao clube desde o seu abandono precoce dos relvados.
Pedro Cadima

comentários

1
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
TigreGange
25-05-2017 17:16
Força UDO! Boa-Sorte Bruno Sousa!

mais de CAMPEONATO PORTUGAL

Campeonato Portugal A poucas jornadas do fim do Campeonato de Portugal, o treinador Mário Júnior, conhecido no mundo do futebol por Marito, decidiu abandonar o comando técnico do Almancilense por sentir que não reunia condições estáveis para desenvolver o seu trabalho.
Campeonato Portugal Fundado em 1951, o Real Sport Clube, recém-promovido à Liga 2 - é a estreia absoluta nas competições profissionais - e uma das grandes surpresas da época que está a terminar, assinou, esta sexta-feira, com a Câmara de Sintra, e com todo o plantel e e