SÁBADO, 24-06-2017, ANO 18, N.º 6356
Educação
Fenprof decidiu manter greve para quarta-feira
00:18 - 20-06-2017
A Fenprof (Federação Nacional dos Professores) decidiu, esta segunda-feira, manter a greve agendada para quarta-feira, depois de, ao fim de mais de duas horas de reunião com a tutela, não ter chegado a acordo sobre as reivindicações mais importantes para a classe.

«O que neste momento ainda está em cima da mesa não é suficiente para que possamos levantar esta greve», disse o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, à saída da reunião com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão.

O Ministério da Educação convocou os sindicatos para uma reunião, depois de as estruturas terem pedido reuniões urgentes para discutir as reivindicações na base da greve marcada para dia 21.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Política O primeiro-ministro assinou sexta-feira um despacho em que pede à ministra da Administração Interna que providencie um «cabal esclarecimento» sobre as falhas ocorridas na rede SIRESP, entre sábado e terça-feira, durante os incêndios. O despacho acontece depois da resposta da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) ao primeiro-ministro, assumindo as falhas na rede SIRESP, entre sábado e terça-feira, alegando que foram usadas «comunicações de redundância». Foi precisamente entre as 19 e
Revista de Imprensa «A Polícia Judiciária tinha, até ontem à tarde, assinalado o desaparecimento de uma dúzia de pessoas no incêndio de Pedrógão Grande. O Instituto de Medicina Legal terminou a identificação das 64 vítimas mortais», diz o Jornal de Notícias.
Revista de Imprensa «Incidentes com drones que quase colidiram com aviões estão a ser investigados e já resultaram em queixa-crime Gabinete de InvestigaçãO de Acidentes registou nove ocorrências neste ano», refere o Diário de Notícias.

destaques