DOMINGO, 25-06-2017, ANO 18, N.º 6357
França
Condutor tentou abalroar carro da polícia nos Campos Elísios, em Paris
16:51 - 19-06-2017
Um veículo da polícia francesa foi atingido, na tarde desta segunda-feira, por um carro nos Campos Elísios, em Paris, que se incendiou de seguida.

O condutor foi preso, anunciou a polícia.

O jornal Le Figaro começou por avançar que o condutor estaria gravemente ferido, mas o porta-voz do ministro francês do Interior já afirmou que «provavelmente o condutor da carrinha está morto».

Há também informações de que o homem era portador de uma arma.

O acto terá sido voluntário, avança a televisão francesa BFMTV e o porta voz do ministro confirma.

Não há feridos a registar, nomeadamente entre os agentes de segurança, e a situação, aparentemente, está sob controlo.

A polícia criou um cordão de segurança na área, constatou a Reuters no local e o departamento de combate ao terrorismo da Procuradoria de Paris já abriu um inquérito.

Através do Twitter oficial, a polícia da capital francesa aconselhou o público a evitar a área.

A estação de metro Champs-Elysées-Clémenceau, nas linhas 1 e 13, está fechada por medidas de segurança.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Leiria O Serviço Nacional de Saúde (SNS) está apto para prestar o apoio necessário aos sobreviventes de Pedrógão Grande, com a confirmação a ser dada pelo Diretor-Geral de Saúde, Francisco George. Em entrevista à SIC, o responnsável pelo SNS desaconselhou os sobreviventes de Pedrógão Grande a automedicarem-se para tentar colmatar a dor de perdas definitivas, recomendando por isso que recorram aos apoios de psiquiatras e psicólogos. «Posso garantir que o Serviço Nacional de Saúde tem capacidade pa
Síria Um atentado com carro armadilhado matou, este sábado, pelo menos dez civis que faziam as suas compras na véspera do Aïd al-Fitr, que assinala o fim do Ramadão, numa localidade síria perto da Turquia. Pelo menos três crianças incluem-se entre as vítimas deste atentado que se registou ao início da tarde, no mercado de Al-Dana, na província de Idleb (noroeste), indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. O atentado provocou igualmente pelo menos 30 feridos.
Braga O corpo do jovem de 24 anos que estava desaparecido desde o final da tarde deste sábado na praia fluvial de Adaúfe, concelho de Braga, foi encontrado por volta das 20.30 horas. O alerta para o seu desaparecimento tinha sido dado pelas 19.50 horas. Cerca de 20 minutos depois do alerta, estavam no local uma equipa de mergulhadores dos Bombeiros Sapadores de Braga e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). O jovem estava na pr

destaques