SEXTA-FEIRA, 26-05-2017, ANO 18, N.º 6327
Brasil
Michel Temer acusado de três crimes
19:28 - 19-05-2017
O presidente do Brasil, Michel Temer, foi acusado de obstrução à justiça, corrupção passiva e organização criminosa.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a abertura de uma investigação ao Supremo Tribunal Brasileiro acusando Michel Temer de, pelo menos, três crimes.

A notícia é avançada um dia depois de ser divulgado um áudio onde o chefe de Estado é ouvido a oferecer suborno para evitar uma delação.

Esta decisão está relaciona com a denuncia feita pelos donos da JBS que gravaram a conversa com Michel Temer.

O alegado suborno estava destinado ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso por envolvimento nos casos de corrupção da Petrobras, para que não testemunhasse.

Temer autorizava um pagamento para evitar uma delação de que já está a ser alvo pois os empresários da JBS gravaram a conversa em acordo com as autoridades brasileiras.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Sociedade Cristiano Ronaldo publicou, pela primeira vez, uma fotografia nas redes sociais com a sua namorada Georgina Rodriguez. Porém, logo apareceram rumores sobre uma possível gravidez. A posição das mãos do jogador sobre a barriga da modelo espanhola levou vários seguidores a levantar a questão. Georgina está grávida? Irá Cristiano Ronaldo ser pai pela segunda vez? De qualquer forma, não deixa de ter sido surpreendente a publicação de CR7, legendada com um coração.
Angola Pelo menos seis mortos é o balanço de um acidente ocorrido na sequência da queda de um contentor de mercadorias sobre uma viatura de transporte informal de passageiros, ocorrido no município de Viana, arredores de Luanda. Em declarações à Lusa, o oficial de informação do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando provincial de Luanda da Polícia Nacional, Euler Matari, confirmou a morte no local do acidente, na via de acesso ao Mercado do 30, em Viana, de seis pessoas, tendo s
País A pesca de carapau com tamanho inferior ao mínimo de referência (os denominados jaquinzinhos) para os pescadores de arte-xávega foi autorizada pelo Governo, com a publicação em Diário da República de uma portaria do Ministério do Mar. O executivo de António Costa reconhece «o valor cultural e a considerável importância» para os pescadores da costa ocidental portuguesa e cria também uma comissão de acompanhamento e o controlo científico da espécie, que está «em bom estado». «É a primeira

destaques