SÁBADO, 27-05-2017, ANO 18, N.º 6328
País
Parlamento agrava multas a quem estacionar em lugares de deficiente
14:22 - 19-05-2017
O parlamento aprovou hoje dois projetos do Bloco de Esquerda que agravam as multas para o estacionamento abusivo em lugares reservados a deficientes e obriga as entidades públicas a ter estacionamento gratuito para estas pessoas. Os textos foram aprovados por unanimidade pela Assembleia da República.

Para os bloquistas, a melhor forma de «acautelar os direitos destas pessoas» e garantir que «não continuam a ser alvo de abuso» é «consagrar com força de lei a obrigatoriedade de que as entidades públicas destinem lugares de estacionamento gratuitos para pessoas com deficiência».
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Itália Os líderes do G7 reconheceram este sábado em Taormina, na Sicília, uma incapacidade de convencer Donald Trump na questão das alterações climáticas. Apesar da pressão dos europeus (Alemanha, França, Itália, Grã-Bretanha e União Europeia), do Canadá e do Japão, Donald Trump não se rendeu e disse que deverá anunciar uma sua decisão sobre os acordos de Paris «na próxima semana». Da declaração final da cimeira irá constar a falta de entendimento sobre a questão do aquecimento global, pela prim
Turquia O Galatasaray, clube turco onde atuam os portugueses Bruma e Josué, viu-se obrigado a mudar o nome do seu novo estádio, chamado Turk-Telekom Arena, por ordem de Recep Erdogan, presidente do país. «Estou contra as arenas. Sabem o que faziam lá, não sabem? As pessoas eram desmembradas por animais», explicou, em discurso, o islamista Erdogan, em referência aos antigos anfiteatros romanos. Também o Besiktas será afetado, uma vez que o seu estádio é denominado Vodafone Arena.
Londres Centenas de pessoas foram retiradas do teatro Old Vic, em Londres, durante a apresentação de um espetáculo por causa de uma ameaça de bomba. A agência Associated Press revela que a policia informou estar no local enquanto os espetadores utilizaram o Twitter para relatar o pedido de saída do local. Os meios de comunicação locais avançam que as estradas em Waterloo foram cortadas. Até ao momento não foram divulgadas mais informações. (Notícia atualizada às 16:18)

destaques