SÁBADO, 27-05-2017, ANO 18, N.º 6328
País
Governo «mexe no que é preciso» na área do Turismo
15:05 - 19-05-2017
A secretária de Estado do Turismo garantiu hoje que o Governo «irá mexer no que é preciso» lembrando que nos já ainda antes do verão decorrerá uma ligação aérea teste entre Portugal e Japão, no âmbito da estratégia de captação de mercados.

Ana Mendes Godinho quis notar a diferença entre o executivo socialista e o anterior, formado pelo PSD/CDS-PP, referindo que agora «mexe-se no que é preciso» e que há «políticas públicas sempre que é preciso», já que «ao contrário de outras opiniões, não se concorda que o Turismo anda por si».

Recordando os crescimentos recordes na área do Turismo, como o registo de pelo menos um milhão de turistas em todos os meses, a governante indicou ainda a existência de 138 novas operações aéreas, incluindo novos destinos e alargamento de ligações a todo o ano.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Itália Os líderes do G7 reconheceram este sábado em Taormina, na Sicília, uma incapacidade de convencer Donald Trump na questão das alterações climáticas. Apesar da pressão dos europeus (Alemanha, França, Itália, Grã-Bretanha e União Europeia), do Canadá e do Japão, Donald Trump não se rendeu e disse que deverá anunciar uma sua decisão sobre os acordos de Paris «na próxima semana». Da declaração final da cimeira irá constar a falta de entendimento sobre a questão do aquecimento global, pela prim
Turquia O Galatasaray, clube turco onde atuam os portugueses Bruma e Josué, viu-se obrigado a mudar o nome do seu novo estádio, chamado Turk-Telekom Arena, por ordem de Recep Erdogan, presidente do país. «Estou contra as arenas. Sabem o que faziam lá, não sabem? As pessoas eram desmembradas por animais», explicou, em discurso, o islamista Erdogan, em referência aos antigos anfiteatros romanos. Também o Besiktas será afetado, uma vez que o seu estádio é denominado Vodafone Arena.
Londres Centenas de pessoas foram retiradas do teatro Old Vic, em Londres, durante a apresentação de um espetáculo por causa de uma ameaça de bomba. A agência Associated Press revela que a policia informou estar no local enquanto os espetadores utilizaram o Twitter para relatar o pedido de saída do local. Os meios de comunicação locais avançam que as estradas em Waterloo foram cortadas. Até ao momento não foram divulgadas mais informações. (Notícia atualizada às 16:18)

destaques