DOMINGO, 23-07-2017, ANO 18, N.º 6385
Mbabane, capital de Suazilândia (D.R.)
Suazilândia
Empresário português desaparecido desde domingo
18:01 - 21-04-2017
Um empresário português está desaparecido desde domingo na Suazilândia, um caso que está a ser investigado pelas autoridades locais.

Almor Simões Oliveira, 77 anos, natural de Oliveira do Bairro, reside há várias décadas no pequeno país situado entre a África do Sul e Moçambique e desapareceu sem que tenha havido mais contactos.

O homem foi visto pela última vez durante a celebração da missa de Páscoa na cidade em que residia.

O carro que conduzia viria a ser encontrado mais tarde, aberto, sem ninguém, com um espelho retrovisor partido e com vestígios de sangue.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Espanha Um emigrante português, residente em França, morreu na sequência de um despiste no município espanhol de Briviesca, em Burgos, segundo o Serviço de Emergência de Castela e Leão, noticiou a imprensa local. A vítima mortal, de 37 anos, regressava ao nosso País para passar férias quando o carro em que seguia com mulher e cinco filhos se despistou e capotou. O condutor terá perdido o controlo da viatura, um monovolume de nove lugares, acabando por cair numa valeta. A mulher, de 32 anos, e
Música Mais de 90 pessoas foram hospitalizadas após um concerto de Chance the Rapper no estado norte-americano do Connecticut, na passada sexta-feira. O concerto, que teve lugar no Xfinity Theatre, em Hartford, ficou marcado por vários abusos, especialmente no que toca ao consumo de álcool. Vários menores foram internados com «intoxicação alcoólica grave», segundo as autoridades locais. Segundo Brian Foley, chefe da polícia local, foram ainda feitas várias detenções ao longo da noite e refere
Europa O risco de atentados suicidas do Estado Islâmico (EI) aumentou na Europa, como retaliação pela perda de territórios em Raqqa, na Síria, e em Mossul (Iraque), avançou o jornal britânico ‘The Guardian’. A 27 de maio, a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) divulgou um alerta sobre os nomes de 173 combatentes do EI treinados para concretizarem atentados suicidas na Europa. Face às sucessivas derrotas do EI no Médio Oriente, as agências de segurança europeias reconhecem o r

destaques