QUINTA-FEIRA, 25-05-2017, ANO 18, N.º 6326
(Foto: D.R.)
País
Observatório da Violência do Namoro já com perto de 50 denúncias
17:36 - 21-04-2017
Ainda na semana de arranque, o Observatório da Violência no Namoro, uma nova plataforma criada pela Associação Plano i, em parceria com o Instituto Universitário da Maia/Maiêutica, que convoca o ato de denúncia, estando ao dispor de vítimas, ex-vítimas e também testemunhas, tem assumido uma dimensão realmente importante, ao encontro com o vazio existente.

Uma ferramenta preciosa para jovens, por vezes desamparados ou embaraçados com vivências difíceis e realidades violentas, maus-tratos e todo o tipo de agressões, psicológicas, físicas, socias e económicas, delicadas de relatar.

O objetivo das entidades que abraçam este projeto assenta em mapear o fenómeno de violência no namoro em Portugal, oferecendo encaminhamento para estruturas de apoio local, e facultando a quem necessite um formulário para a respetiva denúncia de um crime que é público, mas que, repetidas vezes, acaba ocultado.

Uma ajuda, já devidamente documentada em perto de 50 denúncias em poucos dias de atividade, disponível no site da associação em http://www.associacaoplanoi.org/observatorioda-violencia-no-namoro-2/ .
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

País O Ministério Público (MP) arquivou o inquérito à morte de um homem no Hospital de São José, em Lisboa, em 2015, enquanto aguardava por uma cirurgia a um aneurisma cerebral, divulgou, esta quinta-feira, a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) de Lisboa. «O MP determinou o arquivamento da participação pelos crimes de recusa de médico, intervenções e tratamentos médico-cirúrgicos e homicídio por negligência contra os profissionais de saúde e decisores políticos», pode ler-se no site oficial da PGD
Estados Unidos O presidente norte-americano, Donald Trump, apontou o dedo a «23 dos 28» países membros da NATO que não cumprem as suas «obrigações financeiras» e advertiu que 2% do PIB «é o mínimo exigível para reforçar a defesa coletiva». Na sua estreia em reuniões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), e naquela que foi a única intervenção pública durante a deslocação a Bruxelas (Bélgica), Trump, que discursava por ocasião da inauguração de um monumento evocativo dos ataques de 11 de setemb
São Tomé e Príncipe O Governo são-tomense vai submeter ao Parlamento, nos próximos dias, para discussão e aprovação, um orçamento retificativo para 2017, cujo valor não foi anunciado. O orçamento retificativo foi discutido e aprovado na última sessão do Conselho de Ministros, na quarta-feira. Em comunicado, o executivo de Patrice Trovoada justifica que o Orçamento de Estado para 2017 em execução reflete «uma situação de défice e de dependência externa da economia e uma grande vulnerabilidade face aos choques

destaques