QUINTA-FEIRA, 29-06-2017, ANO 18, N.º 6361
Bélgica
Homem que se entregou não está envolvido no ataque de Paris
13:09 - 21-04-2017
As autoridades belgas informaram que o indivíduo de nacionalidade belga que se entregou à polícia Antuérpia, não está relacionado com o ataque terrorista de ontem à noite em Paris.

«Esse homem veio à polícia ontem à noite depois de se ver aparecer nas redes sociais como o principal suspeito relacionado com os factos de ontem», informou um procurador belga, citado pela agência Associated Press, que pediu anonimato.

O mesmo responsável clarificou que o homem «não faz parte de uma investigação de terrorismo».
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Vaticano O cardeal George Pell, ministro das Finanças do Vaticano, disse hoje que pediu uma licença para se defender, já aceite pelo papa, na sequência das acusações da polícia australiana sobre abusos sexuais. George Pell adiantou aos jornalistas que vai comparecer e negou as acusações que classificou de "assassinato de caráter". Greg Burke, porta-voz do Vaticano disse que o papa Francisco autorizou a licença pedida pelo cardeal australiano, mas que George Pell mantém o cargo de máximo responsável
País Granadas de mão e munições de calibre 9 milímetros desapareceram de dois paióis nas instalações militares de Tancos, revelou hoje o Exército. O Exército afirmou que foi detetada quarta-feira ao final do dia a violação dos perímetros de segurança dos Paióis Nacionais de Tancos e o arrombamento de dois ´paiolins´.
Angola A organização Human Rights Watch (HRW) defendeu hoje que o Ministério Público angolano tem de deixar cair as acusações de «insultos do Estado» formuladas contra dois jornalistas locais e que deve deixá-los trabalhar «sem qualquer interferência». Em causa estão os jornalistas Rafael Marques, que lidera o site Maka Angola, e Mariano Brás Lourenço, editor do semanário O Crime, acusados a 21 deste mês de «ultraje a um órgão de soberania e ofensas à autoridade pública», queixas que tem por base a

destaques