QUINTA-FEIRA, 29-06-2017, ANO 18, N.º 6361
Isabel dos Santos
Angola
Isabel dos Santos inaugura segundo hipermercado em Luanda
00:26 - 21-04-2017
O segundo hipermercado da rede ‘Candando’, propriedade da empresária Isabel dos Santos, abriu hoje em Talatona, arredores de Luanda, menos de um ano depois da estreia da empresária angolana no negócio do retalho.

A rede do grupo Contidis é liderada pelo português Miguel Osório, ex-quadro da Sonae e diretor-geral do projeto, depois do fim da parceria da empresária com o grupo português do ramo do retalho.

O primeiro hipermercado ‘Candando’, palavra derivada da língua quimbundo, que significa ‘Abraço’, abriu portas também em Luanda, próximo da segunda loja, em maio de 2016, representando, na altura, um investimento de 37,2 milhões de euros e prometendo apostar na produção nacional.

O grupo angolano não revelou o montante investido na nova loja.
Na altura da inauguração do primeiro hipermercado, Miguel Osório anunciou a abertura de 10 lojas ‘Candando’ em cinco anos, num investimento global de 372 milhões de euros.

O segundo hipermercado seria em Luanda, até maio de 2017, o que se concretizou.

Este investimento surge numa altura de forte crise em Angola, devido à quebra nas receitas com a exportação de petróleo, o que tem provocado a escassez de vários produtos nos hipermercados do país, tendo em conta a dificuldade de divisas para garantir importações.

«Esta loja está preparada para se aguentar, calmamente, sem qualquer tipo de perturbação, nos próximos meses, apesar da crise», garantiu, em maio de 2016, Miguel Osório.

No primeiro hipermercado foram criados, segundo o grupo Contidis, 750 postos de trabalho.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Vaticano O cardeal George Pell, ministro das Finanças do Vaticano, disse hoje que pediu uma licença para se defender, já aceite pelo papa, na sequência das acusações da polícia australiana sobre abusos sexuais. George Pell adiantou aos jornalistas que vai comparecer e negou as acusações que classificou de "assassinato de caráter". Greg Burke, porta-voz do Vaticano disse que o papa Francisco autorizou a licença pedida pelo cardeal australiano, mas que George Pell mantém o cargo de máximo responsável
País Granadas de mão e munições de calibre 9 milímetros desapareceram de dois paióis nas instalações militares de Tancos, revelou hoje o Exército. O Exército afirmou que foi detetada quarta-feira ao final do dia a violação dos perímetros de segurança dos Paióis Nacionais de Tancos e o arrombamento de dois ´paiolins´.
Angola A organização Human Rights Watch (HRW) defendeu hoje que o Ministério Público angolano tem de deixar cair as acusações de «insultos do Estado» formuladas contra dois jornalistas locais e que deve deixá-los trabalhar «sem qualquer interferência». Em causa estão os jornalistas Rafael Marques, que lidera o site Maka Angola, e Mariano Brás Lourenço, editor do semanário O Crime, acusados a 21 deste mês de «ultraje a um órgão de soberania e ofensas à autoridade pública», queixas que tem por base a

destaques