QUARTA-FEIRA, 24-05-2017, ANO 18, N.º 6325
País
Paulo Morais ilibado de difamação ao Grupo Lena
23:58 - 20-03-2017
O Tribunal da Relação de Lisboa deu razão a Paulo de Morais no processo que lhe foi movido pelo Grupo Lena, que o acusava de ofensa a pessoa coletiva.

A decisão refere-se a um recurso interposto pelo Grupo Lena, após o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa ter decidido pela não pronúncia de Paulo de Morais.
Em causa estavam afirmações de Paulo de Morais relativamente à troca de favores entre o grupo empresarial e o ex-primeiro-ministro José Sócrates.

Paulo de Morais já ganhou oito processos na justiça, que lhe foram movidos após este ter dado a sua opinião sobre variados temas. O que já levou o ex-candidato à Presidência da República a queixar-se de «bullying judicial», dada a quantidade de processos que têm sido movidos contra si.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Economia O ministro das Finanças, Mário Centeno, afirmou esta quarta-feira que o crescimento homólogo no segundo trimestre deste ano deve ser superior a 3%. «A mensagem do Governo é que o crescimento económico é forte e sustentável, e está a acelerar», afirmou Centeno numa entrevista à Reuters. «O facto é que estamos a convergir com a União Europeia. Finamente estamos a convergir». Neste sentido, para o ano de 2017, o ministro das Finanças garante que «não há dúvidas» de que o crescimento será
Cinema Tom Cruise que saltou para a ribalta após participar no filme `Top Gun´, em 1986, confirmou que vai existir uma sequela e que as filmagens deverão começar «provavelmente no próximo ano». Durante uma ação de promoção do seu mais recente filme `Múmia´ na Austrália, o ator confirmou os rumores em torno do assunto. «É verdade, é verdade», disse. «Vou começar a filmagens provavelmente no próximo ano. Vai acontecer... vocês são os primeiros a quem eu disse isto», acrescentou durante uma entrevis
Reino Unido A polícia anunciou a detenção de um homem na cidade de Wigan, a cerca de 50 quilómetros de Manchester, por suspeitas de ligação ao ataque que ocorreu na segunda-feira. As autoridades adiantam, ainda, que o detido continha uma mala suspeita na altura da detenção.

destaques