SEXTA-FEIRA, 28-04-2017, ANO 18, N.º 6299
Alemanha
Berlim considera que presidente turco foi ofensivo quando acusou Merkel de medidas nazis
23:56 - 19-03-2017
O governo de Berlim considerou, este domingo, que o presidente turco Recep Erdogan foi demasiado longe ao acusar a chanceler Angela Merkel de recorrer a «medidas nazis».

As relações entre Turquia e Alemanha em particular, e União Europeia (UE) no seu todo, atravessam uma grave crise quando se aproxima o referendo de 16 de abril, para reforçar os poderes de Erdogan, que acusou a chanceler alemã (Angela Merkel) de usar «medidas nazis», depois de impedir que ministros turcos fizessem campanha no país para o referendo sobre o reforço dos poderes de Erdogan.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Sigmar Gabriel, citado pela agência AFP, considerou as declarações de Erdogan «chocantes».

«Somos tolerantes, mas não somos estúpidos. Por isso, fiz saber ao meu homólogo turco que foi ultrapassado um determinado limite», disse, em declarações ao jornal `Passauer Neue Presse`.

Segundo Erdogan, a crise nas relações com a EU nos últimos dias mostra «que se abriu uma nova página na luta que os países europeus estão a fazer contra a Turquia».
Redação

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Estados Unidos Donald Trump reconhece que das grandes preocupações que tem em cima da mesa, no topo está a Coreia do Norte. «Há uma hipótese de podermos ter um grande, grande conflito com a Coreia do Norte. Podemos dizer que é a minha maior precupação de momento, sim», disse em entrevista à Reuters a propósito dos 100 dias de presidência. Sobre o terrorismo islâmico disse que tem de ser contido. «Não podemos deixar que chegue aqui. Tenho de dizer, vai ter de ter um fim. E esse fim tem ser de humilhação.
Revista de Imprensa «Rapariga de 18 anos foi encontrada ferida, ontem de madrugada, junto à linha férrea do Algarve, na zona de Ferreira, em Albufeira, depois de seguir as regras do jogo online, `Baleia Azul`, que incita os jovens à automutilação e ao suicido e que está a preocupar as autoridades em todo o mundo.» «O alerta foi dado por volta das 2 horas, depois de os gritos da jovem terem sido ouvidos numa casa nas proximidades de um viaduto, em Vale Serves. `Ouvi um barulho cá fora e apercebi-me de alguém a gr
Revista de Imprensa «Grupo de trabalho sugere uma negociação europeia de juros e maturidades, sem ´haircut`, mas reestruturando 31% da dívida. A detida por privados e ao FMI não seria tocada.» Público

destaques