TERÇA-FEIRA, 25-04-2017, ANO 18, N.º 6296
Estados Unidos
Memorando de Trump propôs 100 mil oficiais da Guarda Nacional à caça de imigrantes
17:22 - 17-02-2017
Um memorando da administração de Donald Trump, citado pela agência Associated Press, sugere adotar um plano para destacar cerca de 100 mil oficiais da Guarda Nacional (GN) para deterem imigrantes indocumentados, incluindo milhões que vivem perto da fronteira com o México.

Mas, logo a seguir, um porta-voz da Casa Branca desmentiu a notícia, dizendo que «não era necessário destacar a Guarda Nacional».

«Isso é 100% mentira», afirmou Sean Spicer, acrescentando que não se trata «de um documento da Casa Branca».

Todavia, a agência AP diz que este documento, datado de 25 de janeiro, está assinado pelo Secretário de Segurança Interna, John Kelly, antigo oficial da marinha.

«O memorando de 11 páginas apela a uma militarização sem precedentes das detenções de imigrantes, acrescenta a agência».

Estão incluídos os quatro estados que fazem fronteira com o México: Califórnia, Arizona, Novo México e Texas) mas também os estados contíguos de Oregon, Nevada, Utah, Colorado, Oklahoma, Arkansas e Louisiana.

Segundo a proposta que consta do memorando citado pela AP, os governadores dos respetivos estados podem optar por destacarem o seu próprio policiamento.

A agência lembra que o corpo da Guarda Nacional já foi usado para policiar a fronteira entre México e EUA.

Esta nova polémica chega numa altura em que as medidas de Trump anti-imigração estão a ser questionadas.

Esta quinta-feira, foi organizado um protesto em todo o país sob o tema de ‘Um Dia Sem Imigrantes’, em que milhares faltaram aos empregos.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

País Os 43 anos da Revolução dos cravos vão ser esta terça-feira comemorados com a sessão solene no Parlamento e o Desfile Popular. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, escolheu, também, este dia para condecorar Francisco Sá Carneiro, a título póstumo. A sessão solene vai decorrer a partir das 10 horas da manhã, na Assembleia da República com a presença e intervenções de todos os partidos, do Presidente da Assembleia, Eduardo Ferro Rodrigues, do primeiro-ministro, António Costa e do
Revista de Imprensa «O número de casos confirmados de sarampo subiu para 24, três novos diagnósticos anunciados ontem pela Direção-Geral da Saúde (DGS).» - CM 25/04/2017
Revista de Imprensa «A relação conflituosa entre Bernardo da Costa Gomes, de 26 anos, e a madrasta obrigava o pai do jovem empresário e conhecido gestor na área da restauração, a evitar deixar os dois sozinhos em casa.» - CM 25/04/2017

destaques