TERÇA-FEIRA, 27-06-2017, ANO 18, N.º 6359
Montalegre
´Drone´ reforça buscas por homem desaparecido em Montalegre
11:23 - 17-02-2017
As buscas pelo homem desaparecido em Vilarinho de Negrões, Montalegre, são hoje efetuado com recurso a um ´drone`, meio aéreo não tripulado, operado por uma equipa da GNR na área da albufeira do Alto Rabagão.

O homem, de 61 anos, está desaparecido desde terça-feira à noite pela família, altura em que as autoridades deram início à operação de busca.

Neste quarto dia de buscas, o ´drone`está a ser operado por uma equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro proveniente de Lisboa.

Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Argentina O Governo decretou dois dias de luto nacional pelas 15 vítimas mortais do acidente de autocarro, ocorrido no domingo na província de Mendoza. Os edifícios públicos têm durante o dia de hoje e amanhã, as bandeiras a meia haste devido ao acidente com um autocarro que transportava maioritariamente estudantes de uma academia de dança. O acidente ocorreu na estrada nacional 144, a cerca de 30 quilómetros de San Rafael, onde o autocarro capotou em circunstâncias que ainda estão a ser investigada
França O ex-primeiro-ministro francês Manuel Valls anunciou hoje a sua saída do Partido Socialista, depois de 37 anos como militante. Valls passa a integrar a maioria parlamentar do novo presidente Emmanuel Macron. Valls disse, durante uma entrevista à rádio RTL, que se «passou uma página», referindo-se às presidenciais franceses e às eleições legislativas que lhe garantiram a reeleição como deputado. «Por coerência quero estar no centro desta maioria. Acaba-se uma parte da minha vida política»,
Revista de Imprensa «A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) revelou, ao final da tarde desta segunda-feira, a ´fita do tempo´ das ações registadas no Sistema de Apoio à Decisão Operacional (SADO) - uma espécie de ´caixa negra´ da Proteção Civil - durante os primeiros dias do incêndio em Pedrógão Grande.» «Na lista, que o presidente da ANPC, Joaquim Leitão, enviou ao primeiro-ministro António Costa, contam-se pelo menos dez momentos graves em que as comunicações via SIRESP falharam.»

destaques