TERÇA-FEIRA, 25-04-2017, ANO 18, N.º 6296
País
Desapareceram cerca de 50 armas da Direção Nacional da PSP em Lisboa
17:48 - 16-02-2017
O Ministério da Administração interna deu esta quinta-feira conta do «extravio de cerca de 50 armas de 9mm» da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), no Largo da Penha de França, em Lisboa.

O caso está a ser investigado pelo Ministério Público e já foram instaurados processos disciplinares a dois elementos da PSP, que foram suspensos de funções.

Numa nota enviada à comunicação social, o Ministério da Administração Interna informa que o inquérito ao armazenamento de armas do Departamento de Apoio Geral da Direção Nacional da PSP foi aberto «na sequência da apreensão de uma arma de fogo da PSP numa operação policial».

«Em causa está o extravio de cerca de 50 armas de 9mm, tendo os factos sido participados ao Ministério Público, para efeitos de investigação e apuramento de responsabilidades criminais», esclarece o Ministério.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

País Os 43 anos da Revolução dos cravos vão ser esta terça-feira comemorados com a sessão solene no Parlamento e o Desfile Popular. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, escolheu, também, este dia para condecorar Francisco Sá Carneiro, a título póstumo. A sessão solene vai decorrer a partir das 10 horas da manhã, na Assembleia da República com a presença e intervenções de todos os partidos, do Presidente da Assembleia, Eduardo Ferro Rodrigues, do primeiro-ministro, António Costa e do
Revista de Imprensa «O número de casos confirmados de sarampo subiu para 24, três novos diagnósticos anunciados ontem pela Direção-Geral da Saúde (DGS).» - CM 25/04/2017
Revista de Imprensa «A relação conflituosa entre Bernardo da Costa Gomes, de 26 anos, e a madrasta obrigava o pai do jovem empresário e conhecido gestor na área da restauração, a evitar deixar os dois sozinhos em casa.» - CM 25/04/2017

destaques