QUINTA-FEIRA, 23-03-2017, ANO 18, N.º 6263
Incêndio em garagem obriga à retirada de 150 pessoas de seis prédios
Guimarães
Incêndio em garagem obriga à retirada de 150 pessoas de seis prédios
08:30 - 12-01-2017
Seis edifícios foram evacuados, em Guimarães, devido um incêndio que começou, esta madrugada, numa garagem. Os moradores não ficaram feridos, há apenas registo de um bombeiro com ferimentos ligeiros na mão.

«O incêndio terá começado na garagem de um dos prédios e depois propagou-se a outros edifícios», adiantou fonte dos bombeiros voluntários locais.

Há seis carros danificados, mas as casas não têm danos significativos, não tendo ficado ninguém desalojado, avança a CMTV.
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Bélgica A polícia de Antuérpia divulgou que o homem detido após ter tentado atropelar peões numa rua comercial, tem nacionalidade francesa e foi identificado como Mohamed R. Tinha armas no carro. O carro tentou entrar numa rua comercial a grande velocidade. Foi parado por intervenção militar no parque do cais Saint-Michel na zona portuária de Antuérpia. «O homem de origem norte-africana vestia um camuflado» e tinha nacionalidade e residência francesas. No porta-bagagens foram encontradas armas bra
Viseu As estradas que estavam encerradas no distrito de Viseu já foram reabertas ao trânsito ao início da tarde desta quinta-feira. A intensa queda de neve que se fez sentir em vários concelhos obrigou ao corte de quatro vias durante a noite. Durante esta quinta-feira cerca de 120 alunos dos concelhos de Castro Daire e Resende ficaram em casa devido à queda de neve intensa que obrigou ao encerramento de algumas escolas.
Reino Unido A Scotland Yard identificou o autor do ataque a Westminster como Khalid Masood, de 52 anos, nascido em Kent. A polícia acredita que o homem morava agora na zona de Birmingham, onde esta manhã foram realizadas várias buscas e detidas 8 pessoas. Masood não estava, atualmente, sob qualquer investigação e a polícia não tinha informações sobre intenções de realizar um ataque terrorista. No entanto, como disse mais cedo a primeira-ministra Theresa May no parlamento, era conhecido pelas autori

destaques