TERÇA-FEIRA, 24-01-2017, ANO 17, N.º 6205
Donald Trump (AP)
Estados Unidos
Ex-espiões britânicos são autores de relatório sobre Trump
23:53 - 11-01-2017
Os autores do relatório sobre as ligações à Rússia do presidente dos Estados Unidos eleito, Donald Trump, são ex-espiões britânicos que trabalham como consultores do setor privado.

O Wall Street Journal avança que o relatório revela que Moscovo conspirou durante anos para estabelecer relações com Donald Trump e que possui vídeos chocantes com cenas de sexo que o envolvem em Moscovo.

Segundo o mesmo jornal, o documento de 35 páginas teve origem na empresa Orbis Business Intelligence, com sede em Londres.

A imprensa norte-americana noticiou que o relatório foi elaborado por um antigo elemento do MI-6, os serviços secretos externos do Reino Unido, e revela que os serviços de informações russos, dirigidos pelo presidente Vladimir Putin, tentaram apoiar a campanha de Trump e prejudicar a sua adversária, Hillary Clinton, nas eleições presidenciais de novembro passado.

Ainda de acordo com o documento, a campanha de Trump manteve contacto regular com autoridades e operacionais russos, e Kremlin tem provas incriminatórias sobre o multimilionário que podem ser usadas para o chantagear.

Os serviços de informações norte-americanos concluíram, sem apresentar provas, na investigação que efetuaram, que Vladimir Putin deu ordens para uma campanha de apoio a Trump contra Hillary Clinton.

Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Estados Unidos Malia Obama, filha mais velha de Barack Obama, vai trabalhar no estúdio The Weinstein Company com um produtor do cinema. Até começar o ano letivo no próximo outono na Universidade de Harvard, Malia vai estar em estágio, já a partir de fevereiro, com o produtor Harvey Weinstein. Este produtor já esteve envolvido em filmes como O Artista, O Discurso do Rei e Pulp Fiction, sendo a sua produção mais recente, e que está nomeada para seis Óscares da Academia, Lion – A Longa Estr
Emirados Árabes Unidos Os bombeiros do Dubai usam agora uma nova técnica para combater as chamas: o ‘flyboard’. Estes equipamentos são normalmente utilizados em locais turísticos de praia e usam a água para projetar o utilizador vários metros sobre a água. Agora, os bombeiros usam esta técnica para apagar incêndios junto à água em pleno voo a jato. Os bombeiros chegam aos locais destes incêndios em motas de água e começam a combater os fogos com o ‘flyboard’, estando a mangueira ligada a uma fonte ilimitada de á
Cultura Já está em Lisboa a exposição ‘Tutankamon – Tesouros do Egito’, mais precisamente no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, e poderá ser visitada até ao próximo dia 1 de maio. A exposição, segundo o ‘NIT’, tem uma recriação à escala real do túmulo de Tutankamon e mais de 100 réplicas oficiais das peças encontradas no local, divididas por três salas. Os visitantes poderão ainda assistir a um documentário sobre a expedição e ver fotografias tiradas na altura da descoberta do túmulo. O t

destaques