TERÇA-FEIRA, 24-01-2017, ANO 17, N.º 6205
Donald Trump (AP)
Estados Unidos
«A Rússia vai ter mais respeito quando for eu a liderar» - Donald Trump
18:01 - 11-01-2017
O presidente dos Estados Unidos eleito, Donald Trump, deu esta quarta-feira uma conferência de imprensa, onde respondeu a questões relacionadas onde os principais temas abordados foram o fim do Obamacare, relações com a Rússia e o suposto `hacking´, bem como a construção de um muro na fronteira com o México.

Donald Trump desvalorizou o alegado ataque pirata protagonizado pelos serviços secretos russos e afirmou que as relações entre os dois países serão diferentes quando assumir o cargo.

«Acho que foi a Rússia, mas houve muito `hacking´ a acontecer», disse onde acrescentou que o Partido Democrata «fez um péssimo trabalho a defender-se».

«Não tenho nenhum negócio com a Rússia», salientou. «A Rússia vai ter muito mais respeito por nós quando for eu a líder o país», acrescentou posteriormente, quando o tema voltou a ser abordado por um dos jornalistas presentes.

O presidente eleito foi questionado sobre o Obamacare, onde afirmou que será extinto e substituído por algo melhor.

«Vão ficar orgulhosos do que temos preparado. O Obamacare é um completo desastre. Vai ser repelido e substituído em simultâneo, será muito menos dispendioso e muito melhor», disse em relação ao plano de saúde criado durante a presidência de Barack Obama.

Trump voltou a afirmar que será contruído um muro na fronteira com o México, mas que isso não inviabiliza um acordo entre os dois governos.

«Vamos contruir um muro. Podíamos esperar um ano e meio enquanto se negoceia com o México, mas não estou com vontade de esperar. O México vai reembolsar-nos porque isso vai acontecer», afirmou.

«Provavelmente até vamos ter um acordo antes disso [o tal ano e meio que referiu]», acrescentou.

Donald Trump toma posse a 20 de janeiro. A conferência ainda ficou marcada por Trump impedir que um jornalista da CNN fizesse uma pergunta, cadeia de televisão que acusa de dar suporte ao `site´ BuzzFeed, que classifica de ser um «monte de lixo» e que cria «notícias falsas».
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Estados Unidos Malia Obama, filha mais velha de Barack Obama, vai trabalhar no estúdio The Weinstein Company com um produtor do cinema. Até começar o ano letivo no próximo outono na Universidade de Harvard, Malia vai estar em estágio, já a partir de fevereiro, com o produtor Harvey Weinstein. Este produtor já esteve envolvido em filmes como O Artista, O Discurso do Rei e Pulp Fiction, sendo a sua produção mais recente, e que está nomeada para seis Óscares da Academia, Lion – A Longa Estr
Emirados Árabes Unidos Os bombeiros do Dubai usam agora uma nova técnica para combater as chamas: o ‘flyboard’. Estes equipamentos são normalmente utilizados em locais turísticos de praia e usam a água para projetar o utilizador vários metros sobre a água. Agora, os bombeiros usam esta técnica para apagar incêndios junto à água em pleno voo a jato. Os bombeiros chegam aos locais destes incêndios em motas de água e começam a combater os fogos com o ‘flyboard’, estando a mangueira ligada a uma fonte ilimitada de á
Cultura Já está em Lisboa a exposição ‘Tutankamon – Tesouros do Egito’, mais precisamente no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, e poderá ser visitada até ao próximo dia 1 de maio. A exposição, segundo o ‘NIT’, tem uma recriação à escala real do túmulo de Tutankamon e mais de 100 réplicas oficiais das peças encontradas no local, divididas por três salas. Os visitantes poderão ainda assistir a um documentário sobre a expedição e ver fotografias tiradas na altura da descoberta do túmulo. O t

destaques