QUINTA-FEIRA, 28-07-2016, ANO 17, N.º 6025

mais do dia

Porto A câmara do Porto indicou, esta quinta-feira, que conta entregar em setembro as primeiras 35 casas reabilitadas no âmbito do programa de requalificação do centro histórico. Numa visita a prédios localizados nas ruas de Trás e dos Caldeireiros (próximo do largo dos Lóios e da Torre dos Clérigos) que serão reabilitados e preparados para alojar famílias inscritas na empresa municipal Domus Social, o vereador da Habitação, Manuel Pizarro, revelou que as primeiras casas estão «praticamente prontas
União Europeia O organismo de avaliação independente do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Independent Evaluation Office (IEO), considerou, num relatório, que o Fundo «não anteviu a magnitude dos riscos» que Portugal, Grécia e Irlanda enfrentaram durante a crise, concluindo que os programas português e grego «incorporaram projeções de crescimento demasiado otimistas». «A fiscalização do FMI anterior à crise identificou essencialmente os problemas certos, mas não anteviu a magnitude dos riscos que mais t
Angola As exportações da Sicasal para Angola caíram para metade, face aos mais de 40 milhões de euros de 2015, levando a produtora portuguesa de carnes e enchidos a preparar a mudança para Luanda de parte dá produção de transformação. A Sicasal já investiu 10 milhões de dólares (nove milhões de euros) na aquisição de equipamento e de um espaço de 10.000 metros quadrados de área coberta em Viana, arredores de Luanda, onde, aliás, já trabalham cerca de 60 pessoas. A Sicasal exporta para Angola, ess
Conteúdo inexistente.

destaques