TERÇA-FEIRA, 03-05-2016, ANO 17, N.º 5939

mais do dia

Guimarães Uma médica do hospital público de Guimarães foi esta terça-feira condenada a uma multa de 2400 euros por alegada negligência no atendimento a uma paciente que acabou por morrer poucos dias após duas idas à Urgência. O Tribunal de Guimarães decidiu ainda que a médica, condenada por homicídio por negligência, terá também de pagar, em conjunto com o hospital, uma indemnização de cerca de 295 mil euros ao marido e aos dois filhos da vítima, que morreu a 6 de setembro de 2010. Já outra médica,
Moçambique O presidente do Conselho de Administração (PCA) da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), Omar Mithá, afirma que as mudanças estruturais em curso no mercado mundial do gás natural, marcadas pela entrada de novos produtores e exportadores, não devem inibir Moçambique de continuar a preparar a sua entrada no panorama global. De acordo com Omar Mithá, o mercado está a atravessar um momento marcado por um relativo excesso de oferta comparado com a procura, mas as estatísticas mostram que a p
Iraque Um membro das Forças Armadas dos Estados Unidos no norte do Iraque foi morto esta terça-feira pelos combatentes do Estado Islâmico quando os militares norte-americanos avançavam por uma linha de frente das forças curdas iraquianas. «Foi uma morte em combate e uma perda muito triste. Não conheço ainda todas as circunstâncias», informou o secretário da Defesa dos EUA, Ashton Carter, a repórteres durante viagem à Alemanha. Este foi o terceiro norte-americano morto em combates diretos desde q
Conteúdo inexistente.

destaques