QUINTA-FEIRA, 30-07-2015, ANO 16, N.º 5661

mais do dia

Reino Unido O primeiro-ministro britânico, David Cameron, está a ser alvo de duras críticas por, numa entrevista, ter afirmado que vai proteger o Reino Unido da «praga de imigrantes» que pretendem entrar no país, a partir de Calais, em França. Numa entrevista à cadeia ITV, no Vietname, onde se encontra em visita oficial, Cameron declarou que a situação é «muito difícil porque uma praga de imigrantes atravessa o Mediterrâneo à procura de uma existência melhor e procura ir para o Reino Unido por existir tr
Política No final do Conselho de Ministros, António Pires de Lima mostrou-se satisfeito com os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística, que revelam que Portugal regressou, ao fim de quatro anos, à taxa de desemprego que tinha antes da chegada da troika. «Temos de ter a humildade para reconhecer que está é uma taxa de desemprego alta, mas está no caminho certo e é um motivo de esperança para todos aqueles que procuram uma oportunidade de trabalho», disse o ministro da Economia, em conferênci
Grécia O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, propôs ao Syriza, onde alguns membros contestam o acordo estabelecido com os credores, que permitiu iniciar negociações para um novo resgate, a realização de um referendo interno, já no próximo domingo, ou de um congresso extraordinário em setembro, para solucionar as divergências internas. O objetivo de Tsipras é que no congresso de setembro surja uma maioria clara a favor do acordo com os credores que assinou a 13 de julho. Segundo os analistas,
Conteúdo inexistente.

destaques