DOMINGO, 26-06-2016, ANO 17, N.º 5993

mais do dia

Educação O próximo calendário escolar, publicado na noite de sexta-feira em Diário da República, define que, no próximo ano letivo, as aulas dos alunos do ensino básico e secundário «possam começar uma semana mais cedo», ou seja, entre 9 e 15 de setembro. O diploma define ainda que os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico serão os últimos a terminar o ano letivo, a 23 de junho, o que significa que terão mais duas semanas de aulas em relação ao ano que agora terminou, a 9 de junho. O despacho define
Espanha A fachada da sede do Partido Popular (PP) em Canamero, província de Cáceres, na Estremadura, foi pintada com símbolos fascistas, comunistas e palavras insultuosas. O incidente ocorreu no «Dia de Reflexão» em Espanha, que realiza este domingo novas eleições legislativas, pela segunda vez em seis meses, depois dos fracassos das negociações para um acordo de formação de governo. Em comunicado, o porta-voz do PP na província de Cáceres, Emilio Borrega, afirmou que «este tipo de ações não devia
Moçambique O embaixador cessante de Portugal em Moçambique, José Augusto Duarte, afirmou que o êxito da governação de Filipe Nyusi será «o sucesso dos moçambicanos». Após despedir-se do Presidente da República moçambicano, num acto que marcou o fim do seu mandato, José Augusto Duarte assinalou que «o governo de Nyusi deverá concretizar os objectivos definidos nos seus instrumentos de trabalho», em particular «o Programa Quinquenal do Governo 2014-2019 e o Plano Económico e Social». «Moçambique tem al
Conteúdo inexistente.

destaques