SEGUNDA-FEIRA, 31-08-2015, ANO 16, N.º 5693

mais do dia

Panamá O Executivo do Panamá está disponível para ajudar Venezuela e Colômbia a encontrarem uma «solução pacífica» para a crise na fronteira que levou ao seu encerramento há 10 dias, por instrução do Presidente Nicolás Maduro. «O Governo da República do Panamá defende o diálogo para encontrar uma solução pacífica que ponha termo às diferenças entre as Colômbia e a Venezuela em matéria fronteiriça», refere o executivo do Panamá.
China Um jornalista financeiro «confessou ter causado o pânico e a desordem» nos mercados bolsistas chineses e «perdas enormes para o país», noticiaram hoje jornal estatais em Pequim. Wang Xiaolu, um jornalista da revista Caijing, foi detido por ter difundido notícias falsas sobre ações e mercados a prazo, segundo refere a agência noticiosa oficial Nova China. Wang disse que a autoridade reguladora dos valores mobiliários estudava a possibilidade da saída dos fundos públicos do mercado.
Revista de Imprensa «O sistema informático já funciona mas os efeitos dos 44 dias do colapso do CITIUS no arranque da nova organização dos tribunais – a lançada faz amanhã um ano –, ainda se sentem no dia-a-dia de muitos tribunais.» «Um ano depois do caos se ter instalado, ainda não há conclusões sobre o que esteve na origem do problema.» «A Inspecção-Geral das Finanças, a quem o Ministério da Justiça pediu uma auditoria ao ´processo de adaptação do CITIUS´, só começou os trabalhos oito meses após o colapso e
Conteúdo inexistente.

destaques