SÁBADO, 02-07-2016, ANO 17, N.º 5999
/
Internacional
Tsunami atinge Japão após sismo de 8.9; 40 mortos confirmados (com vídeo)
07:32 - 11-03-2011
Arrasador. Um sismo de magnitude 8.9 na escala de Richter atingiu, esta manhã, o nordeste do Japão, provocando um tsunami que atingiu algumas zonas costeiras e numerosas réplicas. Há pelo menos 40 mortos confirmados pelas autoridades citadas pela AP e 39 desaparecidos.

Segundo imagens da televisão japonesa NHK, transmitidas pelas agências internacionais, ondas com cerca de dez metros de altura invadiram a terra, levando à frente carros, barcos e alguns edifícios na prefeitura de Fukushima. A zona de Miyagi foi outra das mais afectadas pelo tsunami.

De acordo com o Instituto de Geofísica norte-americano, o sismo ocorreu às 14.46 horas locais (5.46 horas em Lisboa), a 179 quilómetros a leste de Sendai, ilha de Honshu e a 382 quilómetros de Tóquio. Após o sismo já se seguiram 19 réplicas, quatro delas com magnitudes entre 6.4 e 7.1. Logo após o primeiro abalo foi emitido um alerta tsunami para o Japão, Filipinas, Indonésia, zonas costeiras russas junto ao Pacífico, Tawian, Austrália, Ilhas Marianas, Havai e México. Várias zonas começaram já a ser evacuadas.

Em Sendai, o edifício de um hotel desabou e teme-se a morte de várias pessoas.

Muitos edifícios em Tóquio abanaram violentamente e, segundo a AFP, um edifício desmoronou-se na cidade, onde 600 estudantes participavam numa cerimónia de entrega de diplomas. Há vários feridos.

O tsunami que se seguiu atingiu o parque da Disneylândia, situado na região de Tóquio, que ficou completamente inundado.

Os transportes aéreos e ferroviários já foram interrompidos.

Ainda segundo a Reuters, registam-se alguns incêndios após o abalo. Uma refinaria a nordeste de Tóquio está a arder.

Entrento, o primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, já reuniu de emergência com o seu governo e determinou a criação de um comité de crise para monitorizar a situação. Meios navais já foram enviados para Tóquio e para a zona de Miyagi.

Embaixada tenta contactar comunidade portuguesa
A chanceler da embaixada portuguesa em Tóquio já fez saber, em declarações à Antena 1, que a embaixada está a tentar contactar os cerca de 400 portugueses residentes no Japão, mas a falta de telecomunicações está a dificultar a operação. A responsável disse, no entanto, que na zona mais afectada (Sendai) pelo tsunami residem poucos portugueses.

Notícia actualizada às 10h58

Veja o vídeo

Redacção

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais do dia

Música O quarteto português (Sean Riley & The Slowriders), formado em Coimbra, em 2007, junta-se aos já anunciados LCD Soundsystem, Unknown Mortal Orchestra, Sleaford Mods, Minor Victories, King Gizzard & The Lizard Wizard, Capitão Fausto, Chvrches, Sharon Jones, Cage The Elephant, Sharon Jones, entre muitos outros nomes já confirmados. O festival realiza-se entre 17 e 20 de agosto e os passes custam 90 euros.
Justiça O diretor do Museu da Presidência, Diogo Gaspar, ficou, nesta sexta-feira, em liberdade, mediante o pagamento de uma caução de 50 mil euros, mas suspenso das funções públicas que exercia, por decisão da juíza de Instrução Criminal no processo da operação «Cavaleiro». Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), a juíza Maria Antónia Andrade decidiu, também, proibir Diogo Gaspar de «contactar com funcionários e entrar no Museu da Presidência, Secretaria-geral da Presidência e Palácio da Ci
França A partir desta sexta-feira, veículos registados antes de 1997 estão impedidos de circular em Paris, medida que visa controlar os elevados níveis de poluição na capital francesa. Os parisienses vão, deste modo, ter de encontrar alternativas, como os transportes públicos, comprar um carro com matrícula de 1998 ou a utilização de sistemas de táxi, como a Uber ou Koolicar. Paris é uma das cidades europeias com pior qualidade do ar e, por isso, proibiu a circulação de todos os carros registado

destaques