SEGUNDA-FEIRA, 23-01-2017, ANO 17, N.º 6204
Hambúrgueres já picados nos talhos têm bactérias nocivas
País A Deco Proteste apela aos consumidores para não comprarem hambúrgueres já preparados nos talhos, por conterem bactérias nocivas e aditivos alergénicos, que são lá colocados para dar ideia de que a carne é fresca. Num estudo publicado esta segunda-feira, a associação de defesa dos consumidores diz que identificou carne guardada a temperaturas demasiado altas, e que há «milhões de bactérias por grama», entre as quais a salmonella e outras de origem fecal, demasiada gordura e sulfitos usados ilegalmente como conservantes.
Incêndio numa habitação mata bebé de 11 meses
Sertã Um bebé de 11 meses morreu, esta madrugada, num incêndio numa casa na Sertã, em Castelo Branco, disse fonte da GNR. O incêndio ocorreu perto das 3.30 horas e o bebé terá morrido na sequência da inalação de fumos. Um curto-circuito poderá estar na origem do incidente.
Miguel Albuquerque reconduzido por mais dois anos pelo PSD/Madeira
Política O XVI Congresso Regional do PSD/Madeira reconduziu Miguel Albuquerque na liderança do partido por mais dois anos ao votar, por unanimidade, a sua moção de estratégia global. Miguel Albuquerque venceu, sem qualquer opositor, as eleições internas que se realizaram a 9 de dezembro de 2016, nas quais foi reeleito com 98,2% dos votos: 2850 dos 2901 militantes que exerceram o seu direito de escolha. O líder eleito do PSD/Madeira era o único subscritor da única moção de estratégia global apresentada ao congresso, intitulada ‘Proximidade, Confiança, Desenvolvimento’, que traça os objetivos a prosseguir até final do mandato, em 2019. Recuperar este ano os sete dos 11 municípios que o PSD/M perdeu nas eleições autárquicas de 2013 e a revisão do Estatuto Político-Administrativo da Madeira são «os dois desafios do partido», segundo a moção. Os congressistas aprovaram ainda, também por unanimidade, quatro moções sectoriais e a delegação de competências para proceder a alterações estatutárias.
Miguel Albuquerque
22-01-2017 - 23:58
Navio na foz do Tejo já foi desencalhado
Lisboa Um navio com bandeira do Panamá que encalhou este domingo à tarde na foz do rio Tejo, já está ‘livre’, depois de um rebocador retirá-lo, por volta das 19.00 horas, informou fonte da polícia marítima. O navio não está carregado e tem a bordo uma tripulação de 14 pessoas, entre as quais alguns portugueses, mas maioritariamente filipinas.
Marcelo concorda com TSU mas assinala que «procissão ainda vai no adro»
Política O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confirmou, este domingo, que é favorável à solução da descida da Taxa Social Única (TSU) para os patrões. «Com certeza. Defendi-a publicamente. Era um sinal, para as empresas, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), misericórdias e um recado em termos de investimento privado», disse. Na primeira entrevista televisiva desde que foi eleito, a 24 de janeiro de 2016, Marcelo Rebelo de Sousa recorda que «se se chegou a um acordo na concertação social só isso tem mérito». Mais: «Vamos esperar para ver o processo até ao fim. A procissão ainda vai no adro. Ainda não houve apreciação parlamentar. E está por provar que o efeito útil não possa ser atingido pela via do diploma ou por outra via - porque muitas empresas sofrem consequências apreciáveis pela aplicação do novo salário mínimo», acrescentou. O Chefe de Estado reconheceu, na entrevista à SIC, que «foi um processo difícil» e que só à última hora «foi possível concretizar o acordo». «Durante muito tempo estive convicto que era um acordo inviável», finalizou.
Navio com bandeira do Panamá encalhou na foz do rio Tejo
Lisboa Um navio com bandeira do Panamá encalhou este domingo na foz do rio Tejo, estando no local um rebocador a tentar retirá-lo. Não há vidas em risco, nem ameaças ambientais. O barco encalhou por volta das 14.00 horas, junto ao Forte de S. Lourenço do Bugio, em frente a Oeiras, quando saía do porto. O navio tem bandeira de conveniência do Panamá, não está carregado, e tem a bordo uma tripulação de 14 pessoas, entre as quais alguns portugueses, mas maioritariamente filipinas. Ainda não são conhecidas as causas do acidente, mas, assim que o navio desencalhar, terá de regressar ao porto de Lisboa para ser vistoriado.
Ilda Figueiredo é a candidata da CDU à Câmara do Porto
Política A CDU vai avançar com a candidatura de Ilda Figueiredo à Câmara Municipal do Porto nas próximas eleições autárquicas, noticia este domingo o Jornal de Notícias (JN), citando fonte do partido. O anúncio oficial será feito a 3 de fevereiro, no Porto, pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, escreve o JN, citando Jaime Toga, membro da Comissão Política do Comité Central do partido. Economista de formação e com várias candidaturas autárquicas no currículo, Ilda Figueiredo desempenhou já funções como vereadora no Porto e como deputada, tanto na Assembleia da República como no Parlamento Europeu. De acordo com o JN, será a cabeça-de-lista da Coligação Democrática Unitária (CDU-PEV) à Câmara do Porto nas eleições a realizar este ano. É a terceira candidatura anunciada à autarquia portuense, depois de Álvaro Almeida pelo PSD e do independente Rui Moreira, atual presidente do município e que tem o apoio formal do PS e do CDS, que decidiram não apresentar candidato próprio.
Avião aterra de emergência no Porto
Porto Um boeing 767-300, da American Airlines, aterrou esta madrugada no aeroporto do Porto de emergência, devido a problemas técnicos. De acordo com o Jornal de Notícias, que cita um porta-voz da ANA, o comandante do avião que fazia a ligação Nova Iorque-Barcelona, com 151 passageiros, pediu pelas 3.30 horas para realizar uma aterragem de emergência. Esta foi acompanhada pelos bombeiros. Os passageiros estão em hotéis da cidade à espera de ligação.
Incêndio faz quatro feridos, um com gravidade
Porto Um incêndio atingiu esta noite três habitações no Porto, causando quatro feridos, três deles com queimaduras, e uma em estado grave. Um dos feridos sofreu queimaduras em 30 a 40% do corpo, de acordo com os bombeiros. Uma quarta vítima sofreu inalação de fumos. As chamas deflagraram numa casa da Rua Anselmo Braancamp, na freguesia do Bonfim e propagaram-se a outras duas casas nos prédios de cada um dos lados. Os bombeiros conseguiram evitar que se propagasse a outros prédios, apesar de críticas de moradores de que o auxílio tardou. Foi dominado uma hora depois.
Morreu Alberto da Ponte
Óbito Alberto da Ponte morreu este sábado, vítima de cancro, aos 64 anos. Foi presidente da RTP entre 2012 e 2015, mas antes, entre 2004 e 2012, foi presidente executivo da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), e responsável pelas marcas Sagres, Guiness ou Schweppes. Depois da saída da RTP, Alberto da Ponte era consultor da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas.
Passos Coelho diz que nunca viu «governo tão revanchista»
Funchal O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, disse, este sábado, no Funchal, capital da Região Autónoma da Madeira, que nunca viu «governo tão revanchista na história económica do País como o do PS», acusando-o de «reverter todas as reformas do passado». «O que constitui o cerne do programa do governo é, no essencial, reverter reformas que vieram do passado, quando devíamos estar a acrescentar reformas para o futuro que apurassem as expectativas dos investidores e que trouxessem mais confiança», afirmou Passos Coelho, na abertura do XVI congresso do PSD/Madeira, que decorre este fim-de-semana no Funchal. E disse mais. «O PSD não faz parte da geringonça que governa o País e, portanto, sempre que essa geringonça não se entender, que façam um esforço maior de entendimento e possam olhar para PSD sem ver o parceiro que lhes falta cada vez que as coisas funcionam mal», acrescentou. Pedro Passos Coelho sublinhou que «o PS não ganhou as eleições, pelo que a sua legitimidade é apenas parlamentar e não eleitoral, razão pela qual a governação deve resultar do entendimento entre os partidos que o apoiam».

destaques