SEXTA-FEIRA, 24-02-2017, ANO 18, N.º 6236
Yannick Jadot fora da corrida às eleições presidenciais
França Yannick Jadot, o ecologista candidato às eleições presidenciais francesas, abdicou da corrida e apoiará o socialista Benoît Hamon, que foi eleito candidato da esquerda nas primárias onde derrotou Manuel Valls, o ex-primeiro-ministro francês. «Era uma manobra esperada, uma vez que a esquerda precisa de reunir forças debaixo de um projeto o mais coeso possível, se quer ter alguma hipótese na primeira volta das presidenciais», avançou o site do Libération. Para selar o apoio, Jadot acordou com a equipa de Hamon, alguns pontos que deverão ser incluídos «no agora mais verde manifesto de Hamon». Segundo o Libération, «Jadot terá garantido que Hamon não apoiará a construção do aeroporto de Notre-Dame-des-Landes, (perto da cidade de Nantes), nem a instalação de uma lixeira para o armazenamento definitivo de resíduos radioativos, que estava prevista para a cidade de Bure» - o novo manifesto estará a votos, na internet, durante 48 horas, entre sexta-feira e domingo. O completo abandono do nuclear até 2045 também terá sido mencionado na reunião, tal como uma discussão séria sobre a complexa questão da instauração de uma Sexta República, uma remodelação constitucional que é há muito bandeira da esquerda, que considera que «o poder do presidente se equipara ao de um monarca, e não tem lugar num regime republicano». «O meu objetivo é que o próximo presidente seja um ambientalista. A vitória de Benoît Hamon como candidato da esquerda mudou a paisagem política e deu a todos uma responsabilidade» , disse Jadot. Por seu lado, Hamon mostrou-se «feliz» com o acordo com o ambientalista, que permitirá «preparar as grandes vitórias ambientais que se aproximam».
Polícia Civil do Rio de Janeiro em «greve total» de 24 horas
Brasil A Polícia Civil do Rio de Janeiro, responsável pelas investigações criminais, iniciou, esta quinta-feira, uma «paralisação total» de 24 horas, em protesto pelo atraso no pagamento de salários. «É uma paralisação total. Apenas serão cumpridas as ordens de prisão decretadas e o levantamento de cadáveres das ruas», assinalou, à agência noticiosa EFE, fonte do Sindicato dos Polícias Civis do Rio de Janeiro. A organização sindical explicou ainda que esta forma de protesto «foi decidida após o Estado do Rio de Janeiro não ter pago aos agentes o subsídio de Natal nem o salário de janeiro». A mesma fonte indicou, igualmente, que o pagamento do vencimento do primeiro mês de 2017 «está apenas previsto para 22 de março». Em princípio, a greve dos polícias civis não deverá afetar a segurança da cidade mais emblemática do Brasil, envolvida nos preparativos da época do Carnaval, pelo facto de o patrulhamento das ruas ser da responsabilidade do corpo militarizado, que há alguns dias também ameaçou com uma paralisação. A «paralisação total» deverá terminar no final da manhã desta sexta-feira, quando começa oficialmente o Carnaval, com uma duração de cinco dias – porém, o Sindicato informou que os protestos vão prosseguir até ao pagamento integral dos salários em falta.
Autoridades confirmam surto de gripe das aves na Catalunha
Espanha As autoridades espanholas divulgaram esta quinta-feira a existência de um surto de gripe das aves no país. O surto desta doença altamente contagiosa afetou uma exploração de patos na Catalunha e levará ao abate de cerca de 17 mil aves. Para além da exploração onde foi confirmada a doença, há outras nove que estão a ser investigadas por precaução. O vírus H5N8, conhecido como gripe das aves, tem atingido várias zonas da Europa e do Médio Oriente ao longo de 2016, levando ao abate de centenas de milhares de aves.
23-02-2017 - 17:59
Detido suspeito de planear atentado
Alemanha Um alemão de 26 anos, acusado de preparar um atentado, foi detido no norte da Alemanha. Segundo o Ministério Público, foram apreendidos artefatos explosivos na casa do suspeito em Northeim, na Baixa Saxónia. «Pertence aos meios salafistas e reconheceu durante o interrogatório ter planeado um ataque contra a polícia ou o exército com explosivos fabricados por ele», indicou o MP.
Embaixador em Angola nomeado também para São Tomé e Príncipe
Moçambique O Presidente Filipe Nyusi nomeou esta quinta-feira o embaixador moçambicano em Angola, Santos Álvaro, para o mesmo cargo em São Tomé e Príncipe, passando a acumular as duas funções, informou hoje um comunicado da Presidência enviado à Lusa. Santos Álvaro é embaixador de Moçambique em Angola desde 2015, tendo substituído Domingos Estevão Fernandes. O novo embaixador de São Tomé e Príncipe foi diretor para a Integração Regional e Continental no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, antes de entrar na carreira diplomática.
Papa: «É melhor ser ateu que um católico hipócrita»
Vaticano O papa Francisco criticou esta quinta-feira alguns membros da igreja, referindo que mais vale ser ateu do que muitos que se dizem católicos mas viverem uma vida dupla. Estes comentários fizeram parte de um sermão na missa desta manhã- «E um escândalo dizer uma coisa e fazer outra, viver uma vida dupla. Há os que dizem: ´sou muito católico, vou sempre à missa, pertenço a esta ou aquela associação´; mas depois não dizem ´a minha vida não segue o exemplo cristão, não pago aos meus funcinoários salários justos, exploro pessoas, faço lavagem de dinheiro´», exemplificou. «Há muitos católicos assim, que causam escândalo. E depois muita gente acaba por dizer ´se aquela pessoa é católica, mais vale ser ateu», completou Francisco.
ONU lança campanha para limpar plástico dos oceanos
Internacional A ONU lançou uma campanha global dirigida a governos, empresas e consumidores para reduzir os resíduos de plástico nos oceanos, que representa cerca de 80% do lixo ali encontrado. A campanha chama-se «Clean Seas» (Mares limpos)e foi apresentada na Cimeira Mundial dos Oceanos, que acontece em Bali, na Indonésia. A organização sugere aos governos que apliquem políticas para reduzir o plástico, que as empresas reduzam as embalagens e que os consumidores mudem seus hábitos. «Está na hora de abordarmos o problema do plástico nos oceanos. A poluição por plástico está nas praias da Indonésia e no leito marinho do Pólo Norte», disse Erik Solheim, chefe da ONU para o Meio Ambiente. Propõe-se que sejam totalmente eliminadas as maiores fontes de plástico no mar: os plásticos de cosméticos e as embalagens descartáveis. Se o aumento de resíduos como garrafas, sacos e copos de plástico se mantiver ao ritmo atual, em 2050 haverá mais plástico do que peixes no mar e 99% das aves marinhas terão consumido restos destes resíduos.
Investigadores usam luz ultravioleta para converter dióxido de carbono em metano
Ciência Investigadores da Universidade Duke, nos Estados Unidos, criaram nanopartículas, ou seja (partículas microscópicas que ajudam a converter o dióxido de carbono, que é um gás poluente em metano (combustível) usando apenas luz ultravioleta como fonte de energia. «Descobrimos que, quando iluminamos nanoestruturas de ródio [metal prateado], podemos forçar a reação química a ir mais numa direção do que noutra», afirmou um dos investigadores, Henry Everitt, citado num comunicado da universidade. A equipa de cientistas espera agora desenvolver uma versão que funcione com luz solar, tornando-se numa possível fonte de energia alternativa.
Governo italiano quer ajudar na descentralização
Moçambique O Governo italiano manifestou hoje disponibilidade para apoiar Moçambique na descentralização política e administrativa, assinalando que esse processo é importante para a manutenção da paz no país africano. Em declarações aos jornalistas, após ser recebido pelo primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, o embaixador de Itália em Moçambique, Marco Contecelli, afirmou que o seu país acolhe neste momento uma visita de deputados da Assembleia da República de Moçambique para uma troca de experiências sobre o processo de descentralização em Itália. «Neste momento, há uma delegação de deputados do parlamento moçambicano, que efetua uma visita a Itália para trocar experiências sobre o tema da descentralização», declarou Contecelli. A aposta na descentralização, prosseguiu o diplomata, é um passo importante para a promoção e manutenção da paz em Moçambique. «Isto também é um aspeto fundamental sobre o processo de paz e queremos confirmar a nossa disponibilidade de apoiar», afirmou o embaixador italiano em Maputo. O aprofundamento da descentralização do país é um dos principais pontos das negociações entre o Governo moçambicano e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição. A exigência da Renamo de criação de províncias autónomas nas regiões onde reivindica vitórias nas eleições gerais de 2014 foi uma das causas do conflito militar que afetou o país durante o ano passado e que foi interrompido no âmbito das tréguas declaradas pelas duas partes no final do ano passado. Além de apoiar o processo de descentralização, o embaixador italiano em Maputo expressou a vontade do seu país de intensificar a cooperação com Moçambique no domínio económico, comercial e da ajuda ao desenvolvimento. «Itália é um dos principais investidores em Moçambique. Estamos comprometidos no âmbito económico, não somente no gás e energia, como também na agricultura, turismo e infraestruturas. Sobre estes temas, queremos consolidar o nosso compromisso», acrescentou Marco Conticelli. A italiana ENI lidera um consórcio que vai produzir gás natural numa das maiores concessões deste recurso em Moçambique, localizada na bacia do Rovuma, norte do país.
Exército recupera controlo do aeroporto de Mossul
Iraque As forças especiais do Iraque entraram esta manhã no aeroporto de Mossul, a norte do Iraque. A conquista do aeroporto é assume contornos estratégicos, por ser no perímetro urbano, já que a parte oeste da cidade é o último reduto do Estado Islâmico (EI). De acordo com a BBC, que tem um repórter a acompanhar o exército, a operação demorou 4 horas, com os membros do grupo ainda a disparar morteiros de dentro da cidade quando o aeroporto já estava perdido. A pista de aterragem está praticamente destruída, mas o repórter refere que ainda pode ser utilizada. As forças de reação rápida atacaram o aeroporto, enquanto o Exército se concentrou no quartel Al Gazalani, segundo a agência Efe. Uma coligação internacional sob comando norte-americano continua a apoiar as forças iraquianas com bombardeamentos aéreos, tendo começado aí a operação de assalto ao aeroporto. Estão também controladas as estradas que unem Mossul à Síria e especialmente a Al Raqqa, a capital do autoproclamado califado do EI.
Cunhado do rei pode sair em liberdade se pagar caução de 200 mil euros
Espanha O Ministério Público espanhol anunciou hoje que pediu uma fiança de 200 mil euros para Iñaki Urdangarin, cunhado do rei de Espanha, evitar ter de cumprir uma pena de prisão efetiva de seis anos e três meses. Além dos 200 mil euros pedidos a Urdangarin para evitar a prisão, Horrach pediu também 100 mil euros a Diego Torres, igualmente condenado por vários delitos de corrupção e fraude fiscal no caso Nóos, mas por oito anos e meio.

destaques