DOMINGO, 30-04-2017, ANO 18, N.º 6301
Rui Franco
Snooker
Portugal apura 9 de 11 no Europeu de Pool do Algarve
21:04 - 20-03-2017
Apesar de quatro derrotas de jogadores nacionais noutros tantos jogos decididos na negra, nove dos 11 atletas de Portugal nos Campeonatos da Europa de Pool garantiram esta segunda-feira a continuidade nos torneios individuais masculino e feminino da disciplina de Bola 10, porventura aquela onde a esperança de medalhas será maior, depois de Miguel Silva (Academia de Bilhar Miguel Silva) e Sara Rocha (Académica) terem trazido bronze da edição de 2016 da prova, na Áustria.

Nas 24 mesas montadas no Palace Hotel dos Salgados, pelo caminho, neste primeiro dia dos Europeus consagrado a esta disciplina do Pool – embolsar a número 1, depois a 2, vencendo quem embolsa a bola a 10, o que poderá fazer também sem ter de meter as outras nove antes (pode metê-la com auxílio da bola branca ou de uma das bolas de ordem a que jogue, de carambola) - ficaram Jorge Tinoco (Sporting) e Samuel Santos (Clube de Bilhar de S. João da Madeira).

Portugal consegue que nove dos seus 11 atletas sobrevivam ao corte do primeiro dia na Bola 10, com um saldo de 10 derrotas e e 10 vitórias em 20 jogos dos atletas lusos esta segunda-feira.

O último a carimbar o passaporte para continuar em prova foi João Grilo: o jogador do Sporting, natural de Fernão Ferro, começou por perder (7-8) com o checo Roman Hybler, mas conseguiu a repescagem para os 32avos de final na noite desta segunda-feira, ao vencer o norueguês Matias Saetre por 8-2. Desconhece-se quem será o rival terça-feira (11.30 horas ou 13.30 horas).

Já Samuel Santos, perdeu com dois húngaros, Oliver Szolniki (3-8) e Gabor Solymosi (7-8), e o algarvio Jorge Tinoco foi o primeiro a entrar em ação nos Salgados na Bola 10: corrida até oito (de 8-0 a possíveis 8-7) nos homens, e até seis (de 6-0 a possíveis 6-5) nas senhoras.

Tinoco não resistiu ao finlandês Kim Laaksonen (6-8), o mesmo finlandês que domingo impedira, nos quartos de Straight Pool, o madeirense Miguel Silva de chegar às medalhas. Jogou a repescagem diante do turco Melih Dagas, voltou a perder (5-8) e foi eliminado.

Em grande esteve Rui Edgar Franco (Sporting): bateu o suíço Pascal Nvedegger por 8-4 e depois, cilindrou (8-0) o cipriota Osman Sanlisoy. Joga os 32avos de final terça-feira às 11.30 horas, ainda sem adversário apurado.

Nos melhores 64 da Bola 10 em masculinos está igualmente o madeirense Miguel Silva. Bateu (8-3) o checo Roman Hybler e jogará os 32avos de final terça-feira às 11.30 horas, como Rui Franco.

A sonhar com os 32avos de final está ainda Bruno Sousa (Académica), que esta segunda-feira bateu o compatriota Américo Francisco (CF Marecos) – capricho do sorteio, portugueses a jogar contra portugueses, que se repetiu também no quadro feminino – por 8-4.

Depois, Bruno Sousa perdeu com o turco Onul Yildrim (7-8): terça-feira joga a repescagem para os 32 avos de final às 9 horas, perante o rucro Melih Dagas.

Por seu turno, Américo Francisco, após o desaire com Bruno Sousa agarrou a repescagem: venceu o espanhol José Hernandez por 8-4 e terça-feira, a partir das 9 horas, continua a batalhar pelo acesso aos 32avos, diante do finlandês Jani Uski.

Sara Rocha nos oitavos de final

No setor feminino, sempre em Bola 10, Sara Rocha já garantiu, no mínimo, o nono lugar no Europeu. A bracarense da Briosa está nos oitavos de final (aguarda rival, terça-feira, às 17.45 horas), após ter vencido esta segunda-feira a suíça Christine Feldman (6-1) e a ucraniana Katerina Polovinchuk (6-2).

Na corrida para estar entre as melhores 16 da Europa nesta disciplina está também Vânia Oliveira Franco (FC Porto). Noutro duelo lusitano, bateu Ana Oliveira (Académica) por 6-1, e depois perdeu (2-6) com a holandesa Tamara Peeters-Rademakers. Joga terça-feira a repescagem para os oitavos de final às 11.30 horas, ainda sem saber quem lhe calhará pela frente na próxima ronda.

Mais cedo mas ainda a sonhar com um brilharete está Ana Oliveira: a estudante, mesmo com o desaire ante Vânia Franco, entra em ação e jogará a repescagem aos oitavos de final terça-feira diante da norueguesa Ine Helvik (9 horas).

À mesma hora (9 horas) tentará também Marta Tavares (Sporting) continuar em prova na Bola 10. Esta terça-feira, perdeu na negra (5-6) diante da holandesa Tamara Peeters-Rademakers, mas na repescagem bateu a finlandesa Tina Toivanen (6-3): defronta a holandesa Lynn Pijpers terça-feira (9 horas), ainda a sonhar, também, com os oitavos-de-final.

Kristina Tkach e Neils Feijen, primeiros campeões

Diga-se que os dois primeiros campeões europeus de Pool de 2017 do Algarve, que se iniciou no dia 18 e apenas vai terminar no próximo dia 28 do corrente mês, foram encontrados na noite de domingo, no Straight Pool, e as primeiras oito medalhas (há sempre duas de bronze, pois não há jogo de atribuição de terceiro e quarto lugares) foram atríbuidas e entregues.

Em senhoras, a austríaca Jasmin Ouschan, ex-jogadora da Académica de Coimbra, chegou à final, mas a vitória foi da russa Kristina Tkach (75-45), tendo a antiga atleta da Briosa de contentar-se com a prata, e a alemã Tina Vogelmann e a russa Natalia Seroshtan arrecadado o bronze.

Em masculinos, vitória de uma das lendas desta variante do bilhar, que lhe vale o cognome de Terminator (ou Exterminador): o holandês Neils Feijen mostrou que o tempo lhe apura as qualidades e somou (mais) uma medalha de ouro no Straight Pool, ao bater na final o polaco Tomasz Kaplan (125-13), que ficou com a prata.

Outro polaco, Mieszko Fortunski, e o finlandês Kim Laaksonen – carrasco de Miguel Silva nos quartos - levaram as medalhas de bronze. Mas a procissão ainda vai no adro: todos ainda podem arrecadar medalhas em mais quatro provas.

Terça-feira não haverá finais nem medalhas para distribuir no Palace Hotel dos Salgados, neste Europeu, mas as dos torneios individuais masculino e feminino de Bola 10 ficarão desde logo com destinatário reservado.

Se os 32 avos masculinos estão marcados para as 11.30 horas da manhã, os 16avos disputam-se às 15.30 horas e os oitavos às 17.30 horas, com o dia a encerrar com os quartos de final.

Ficarão encontrados na terça-feira, dia 21 do corrente mês, os quatro semifinalistas em cada torneio de Bola 10, faltando, depois saber quem leva o ouro, a prata e os dois bronzes, nas meias-finais e final marcadas para quarta-feira (dia 22, 18 horas e 20.30 horas, respetivamente).

A ver vamos se algum dos atletas portugueses chegam ao terceiro dia na Bola 10: seria garantia que Portugal voltaria a ter medalhas nesta disciplina da variante do bilhar que é o Pool, e neste Europeu, desde já, quando ainda faltam os torneios individuais de Bola 8, Bola 9 e a prova por Equipas.

O Europeu tem também prova de desporto adaptado (para atletas em cadeira de rodas) e é organizado pela European Pocket Billiard Federation (EPBF) com a Federação Portuguesa de Bilhar (FPB). A entrada no recinto do hotel para ver em ação os ases dos panos azuis é livre.
António Barroso

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de SNOOKER

Snooker O escocês John Higgins, de 41 anos, não escondeu a sua ambição de acabar a época 2016/17 da World Snooker com um quinto título de campeão mundial no bolso, após vencer o inglês Barry Hawkins, de 38 anos, por 17-8 na segunda meia-final do Campeonato d
Snooker O escocês John Higgins, de 41 anos, sexto da hieraquia e tetracampeão mundial (1998, 2007, 2009 e 2011), garantiu na noite deste sábado a sexta final da sua carreira de um Campeonato do Mundo de Snooker, ao vencer por 17-8 o inglês Barry Hawkins, de