QUINTA-FEIRA, 23-03-2017, ANO 18, N.º 6263
Mark Davis
Snooker
Mark Davis apura-se com tacada perfeita na Championship League
15:31 - 11-01-2017
O inglês Mark Davis, de 44 anos, 31.º do ranking mundial, tornou-se o terceiro jogador a garantir a presença na Fase Final da Championship League (CL), prova da época 2016/17 da World Snooker, que decorre em Coventry (Inglaterra), ao vencer o Grupo 3 da prova, com uma vitória na negra(3-2) sobre o australiano Neil Robertson na final, disputada na noite de terça-feirana Ricoh Arena, da cidade inglesa.

Uma bela exibição do jogador inglês, que terminou o Grupo 3 da CL com o break (tacada, ou entrada) perfeito, no quinto e deciviso frame do encontro, com 2-2 no marcador: 147 pontos, ou seja, 36 bolas embolsadas de seguida sem falhar uma que fosse no buraco, com 15 pretas após cada uma das 15 vermelhas e a sequência final de cores imaculada, para garantir que estará na fase final da prova, a jogar a 1 e 2 de março, em Coventry.

O inglês David Gilbert, de 35 anos, 20.º do ranking mundial, assegurara a primeira vaga na Fase Final – que se jogará ainda e sempre na Ricoh Arena, com os vencedores dos sete grupos preliminares da prova -, ao vencer o Grupo 1, e o escocês Anthony McGill, de 25 anos, 18.º do ranking, garantira a segunda, ao triunfar no Grupo 2.

Segundo os moldes da prova, foram repescados para o Grupo 4, já em curso esta quarta-feira (conclui-se na quinta-feira), os segundo, terceiro, quarto e quinto classificados deste Grupo 3, que integrava também ases três jogadores previamente designados (Joe Perry, Barry Hawkins e Allister Carter) e um quarteto de repescados do Grupo 2 - Neil Robertson, Mark Williams, Mark Davis e Ryan Day.

Quer isto dizer que Neil Robertson, Mark Williams, Barry Hawkins e Ryan integram o Grupo 4 na qualidade de repescados do Grupo 3,, juntando-se ao norte-irlandês Mark Allen e os ingleses Shaun Murphy e Kyren Wilson, trio de designados à partida.

Em fevereiro, a 20 e 21, o Grupo 5 integrará Stuart Bingham, Judd Trump (vencedor da prova em 2016, 3-2 a Ronnie O’Sullivan na final) e Liang Wenbo, enquanto o Grupo 6, que se joga a 22 e 23, traz o campeão mundial e líder do ranking, Mark Selby, além dos compatriotas ingleses Ricky Walden e Martin Gould.

O Grupo 7, a jogar a 27 e 28 de fevereiro, tem John Higgins, Michael Holt e Graeme Dott como designados - Ronnie O’Sullivan, finalista vencido em 2016, não participa na prova.

Os grupos da CL são disputados no sistema de todos defrontarem todos: sete jogadores, cada um joga seis encontros durante dois dias, sempre à melhor de cinco frames (de 3-0 a possíveis 3-2), com cada vitória a valer um ponto para ditar a classificação final.

Apuram-se para as meias-finais do grupo os quatro primeiros, com o campeão a qualificar-se para o Fase Final, em março. Um pouco diferente do sistema a eliminar puro e duro, em que se disputam as restantes provas: em Coventry, a eliminar só chegam nas meias e na final do grupo.

O prémio final pela vitória na Championship League é de 10 mil libras (11.657 euros) do total de 200 mil libras (233.146 euros) da prova, num esquema também único e sui generis, em que os profissionais do taco estão sempre a amealhar, quanto mais longe e melhor jogarem na competição.

Além do prémio para o vencedor, ganhar um frame (partida) vale 300 libras nos play offs (350 euros) e 200 libras (233 euros) na fase de grupos. O vencedor de cada um dos sete grupos amealha mais 3 mil libras (3.497 euros).

Grupo 3, resultados de 3.ª e 4.ª feira (vencedores a negro):

Joe Perry-Barry Hawkins, 2-3
Allister Carter-Mark Williams, 3-1
Neil Robertson-Joe Perry, 3-1
Mark Davis-Ryan Day, 2-3
Barry Hawkins-Allister Carter, 3-0
Mark Williams-Mark Davis, 0-3
Joe Perry-Allister Carter, 0-3
Ryan Day-Neil Robertson, 3-2
Barry Hawkins-Mark Williams, 0-3
Mark Davis-Neil Robertson, 3-2
Ryan Day-Mark Williams, 2-3
Allister Carter-Neil Robertson, 0-3
Joe Perry-Ryan Day, 1-3
Barry Hawkins-Mark Davis, 3-1
Allister Carter-Ryan Day, 2-3
Mark Williams-Neil Robertson, 2-3
Joe Perry-Mark Davis, 1-3
Barry Hawkins-Neil Robertson, 0-3
Allister Carter-Mark Davis, 0-3
Barry Hawkins-Ryan Day, 3-1
Joe Perry-Mark Williams, 3-1

Meias-finais do Grupo 3:

Neil Robertson-Barry Hawkins, 3-1
Mark Davis-Ryan Day, 3-2

Final do Grupo 3 (apurado a negro):

Neil Robertson-Mark Davis, 2-3

Grupo 4, jogos desta quarta-feira:

Shaun Murphy-Mark Allen, 3-2
Kyren Wilson-Mark Williams, 0-3
Barry Hawkins-Shaun Murphy, 3-1
Ryan Day-Neil Robertson, 3-2
Mark Allen-Kyren Wilson, 1-3
Mark Williams-Ryan Day, 3-1
Shaun Murphy-Kyren Wilson, 0-0 (em curso)
Neil Robertson-Barry Hawkins, 0-0 (em curso)
Mark Allen-Mark Williams (18 horas)
Barry Hawkins-Ryan Day (18 horas)
Neil Robertson-Mark Williams (19 horas)
Kyren Wilson-Barry Hawkins (19 horas)

Jogos de 5.ª feira, Grupo 4 (hora local e portuguesa):

Shaun Murphy-Neil Robertson (11 horas)
Mark Allen-Ryan Day (11 horas)
Kyren Wilson-Neil Robertson (12.30 horas)
Mark Williams-Barry Hawkins (12.30 horas)
Shaun Murphy-Ryan Day (14 horas)
Mark Allen-Barry Hawkins (14 horas)
Kyren Wilson-Ryan Day (15 horas)
Mark Allen-Neil Robertson (15 horas)
Shaun Murphy-Mark Williams (16 horas)

Meias-finais do Grupo 4, 5.ª feira:

1.º classificado-4.º classificado (18 horas)
2.º classificado-3.º classificado (18 horas)

Final do Grupo 4: 5.ª feira, 19 horas
António Barroso

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de SNOOKER

Snooker Dois nonos lugares, de Vânia Oliveira Franco (FC Porto) e Sara Rocha (Académica) no concurso individual feminino da disciplina de Bola 10 foram o melhor desempenho
Snooker Apesar de quatro derrotas de jogadores nacionais noutros tantos jogos decididos na negra, nove dos 11 atletas de Portugal nos Campeonatos da Europa de Pool garanti