SEGUNDA-FEIRA, 23-01-2017, ANO 17, N.º 6204
Revista de Imprensa
«PJ investiga os últimos três títulos do Benfica» - Jornal de Notícias
08:26 - 24-10-2016
A Polícia Judiciária está a investigar os presentes oferecidos a árbitros nas três épocas em que o Benfica se sagrou campeão nacional de futebol. No processo-crime relativo ao designado caso dos «vouchers», a época 2015/16 também está sob averiguação, além das temporadas 2013/14 e 2014/15. Inquérito conduzido por unidade especial incide sobre os crimes de corrupção ativa e passiva. Todos os árbitros, assistentes, observadores e delegados aceitaram prendas do clube, ainda está por apurar o valor das ofertas», conta o Jornal de Notícias.
Redação

comentários

25
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
bate.Bola
25-10-2016 08:47
O JN devia falar da corrupção activa do ex dirigente do sporting k colocava dinheiro na conta dos árbitros. Julgado em tribunal e CONDENADO. Força BENFICA
bubu
25-10-2016 08:04
noticia para vencer jornails..porque noticias que realmente todos conhecem como os 2000 euros do sporting e o apito dourado essas sim sao verdadeiras e nada aconteceu aos clubes....e agora por causa de uma camisa e um jantar e que iam resolver alguma coisa...santa ignorancia
VITONES
24-10-2016 23:17
esta noticia que devia ser capa passa praticamente despercevida ...o mal é esse é que os outros sao enxovalhados e condenados enquanto as agresoes em direto ao emp. do moreto as portas18 os penaltys fantasma a triplicar o colinho os campos inclinados é tudo normal titulos na europa é que zeeeeeeero
aeromodelo
24-10-2016 22:10
Ora bem, até que enfim!
edu35
24-10-2016 21:58
Este jornal é de onde ??? Nunca vi este jornaleco preocupado com a fruta, café com leite e viagens ao Brasil !!!! Vão precisar de muito mais para conseguir desestabilizar seus jornalistas de meia tigela.
12345

mais de REVISTA DE IMPRENSA

Revista de Imprensa «A cada hora, duas residências foram assaltadas em Portugal no ano passado. A média de 50 casos por dia, calculada a partir das estatísticas da PSP e da GNR, teve o contr
Revista de Imprensa «Vila Velha de Ródão, separada de Almaraz pela fronteira e pelo Tejo, não está informada nem discute as consequências de um acidente na central», escreve o Público.