SEXTA-FEIRA, 21-07-2017, ANO 18, N.º 6383
Treinador descarta o filho Gonçalo como reforço do clube da cruz de Cristo, e negou todos os reforços apontados já ao emblema de Belém para 2017/18
Belenenses
Domingos sorri ao reencontro com o filho Gonçalo
16:44 - 19-05-2017
O treinador do Belenenses, Domingos Paciência, encara com um sorriso o reencontro com o filho Gonçalo Paciência, avançado do Rio Ave, como adversário, no duelo da 34.ª e última jornada da Liga aprazado para sábado no Estádio dos Arcos.

«Apetece dizer que anda um pai a criar um filho para isto?!... [risos]» afirmou Domingos, a própósito do inédito cruzamento na carreira do pai, treinador, com o filho, avançado do clube rival, na conferência de imprensa de antevisão do encontro, realizada esta sexta-feira no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Um encontro com os jornalistas onde aproveitou para vincar «não ter fundamento algum» qualquer dos nomes já avançados para reforços do emblema da cruz de Cristo para 2017/18, ao mesmo tempo que confirmou que o próximo estágio de pré-época será em Portugal mas não, como nas duas épocas anteriores, em Fornos de Algodres.

- Vai reencontrar Luís Castro, treinador que, como o Domingos, tem um ADN fortíssimo do FC Porto. Como será defrontá-lo?
- Conheço Luís Castro já há alguns anos. Foi meu companheiro de curso na altura, no 3.º e 4.º nível. Em termos de trabalho, acho que nunca nos cruzámos. Passou pela equipa B do FC Porto, como eu noutros tempos. Já deu para ver, nos últimos anos, pela forma como a equipa orientada por ele jogava, e pela forma como o Rio Ave joga, que é uma equipa que está bem orientada. Por isso respeito-o, acima de tudo. É essa a forma de estar entre companheiros de profissão.

- E tem ligações familiares, literalmente, a um dos avançados do Rio Ave, um dos seus três filhos, o Gonçalo Paciência. Como será tentar ganhar-lhe?
- É uma situação que vai acontecer pela primeira vez. Ele já teve oportunidade de querer espicaçar um pouco o nosso plano, ao dizer que nos vai ganhar. O que me apetece dizer é… anda um pai a criar um filho para isto?! [risos]. Digo-vos é que tanto um como o outro, não estamos nem fomos preparados para perder! Portanto, quem perder vai ficar de certeza absoluta mais triste na próxima semana. Vamos ver!

- Imagina Gonçalo a treinar-se sob as suas ordens no Belenenses?
- Não é fácil [risos] é uma situação que não gostaria que acontecesse. A liderança de um grupo deve ser feita sempre com honestidade e coerência. E quando há laços de amizade entre o grupo de trabalho pode criar alguns equívocos e algumas leituras diferentes por parte do grupo. Não gostaria que isso acontecesse porque pauto a minha carreira pela honestidade e coerência. E é assim que lidero os meus grupos. Como tal, não gosto que haja qualquer tipo de situação dentro do grupo que possa por isso em causa.

- Falou com o Gonçalo esta semana? Menos, imaginamos…
- Falo com os meus três filhos todas as semanas. Mas não abordámos o assunto. A minha forma de estar, mesmo como pai do Gonçalo e pai do Vasco, que são os que jogam futebol neste momento, não é de muita conversa em relação ao que fazem. Uma vez ou outra, comentámos. Mas esta semana, sendo diferente, não comentámos. Apenas me foquei naquilo que é o meu grupo de trabalho. E olho para cima. E quando olho para cima, vejo que o Belenenses pode ficar em 10.º lugar. É esse o grande objetivo para este jogo. Também estamos preocupados com quem está atrás, há outras três equipas com os mesmos 35 pontos. Mas quero olhar para cima, e saber que o Belenenses independentemente daquilo que foi toda esta época, é uma boa oportunidade para ficar em 10.º lugar: é assim que penso e que quero preparar o meu grupo. Gostaría de terminar a época a dar também os parabéns quer ao Júlio [Velázquez], quer ao Quim Machado, porque tiveram um trabalho importante no que foi esta época para o Belenenses nesta altura estar tranquilo e a lutar pelo 10.º lugar. Resta-me terminar e fechar esta época da melhor maneira, e procurar uma vitória.

- Vai defrontar um Rio Ave a lutar pela Europa. Espera um adversário ansioso e a vir com tudo para cima do Belenenses?
- O Rio Ave é uma equipa que joga muito bem futebol. Um futebol muito apoiado, com muita posse de bola. Tem jogadores que desequilibram e com qualidade. Fez uma época tranquila e com qualidade, por isso é que nesta altura luta por esse objetivo da Europa. Mas sabe perfeitamente que não depende só de si. O outro jogo é um P. Ferreira-Marítimo, onde o Marítimo depende apenas de si. Com certeza que o Rio Ave vai procurar fazer a sua parte, que é ganhar o jogo, mas tem um obstáculo do outro lado, que é o Belenenses, que quer fechar este campeonato da melhor maneira, e que será um opositor digno, comprometido com aquilo que é o objetivo do jogo, que é a vitória.

- Spalvis, Ivanildo Fernandes e Azbe Jug já foram apontados como reforços para a próxima época. Confirma?
- Não. Neste momento não há fundo de verdade algum em relação aos jogadores que têm vindo a público. O presidente [da SAD] já tem conhecimento de quais são as minhas intenções em relação à próxima época, e no que toca à constituição do plantel tem algumas referências. É isso que estamos a trabalhar. É evidente que há jogadores que estão no mercado nacional que nos podem interessar, mas neste momento nada há de concreto em relação a jogador algum que possa aparecer nos jornais, neste caso os últimos que apareceram, relacionados com o Sporting.

- E nos que cá estão, pode garantir que não há jogadores já a pensar nas férias?
- Pelo menos, é o que procuro fazer: que ninguém pense nas férias! De maneira a que dignifiquem a camisola, dignifiquem o clube. É esse o meu trabalho. Agora o que senti durante a semana é que os jogadores trabalharam da mesma forma e com o mesmo empenho dos jogos anteriores. Isso leva-me a pensar que ninguém está a pensar em férias. Um profissional de futebol hoje em dia sabe que terá tempo suficiente para gozar férias e depois voltar na máxima força. Ninguém pensa nas férias nesta altura.

Pré-época recomeça a 26 de junho

- Já definiu onde será o estágio de pré-época e quando começam? Vai mudar de sítio ou continuarão a ir para Fornos de Algodres?
- Já está tudo tratado, temos tudo praticamente definido há algum tempo, não é há dois dias. Não será em Fornos de Algodres. É um sítio que escolhi e onde gosto de estar, saberão depois. Já temos jogos, também, com datas, falta encontrar algumas equipas disponíveis para essas datas. Voltamos ao trabalho dia 26 de junho. Está tudo programado para que possamos preparar-nos bem. Quando tudo estiver confirmado, vão saber. Vamos para o norte do País. Dia 26 voltamos ao trabalho, para exames. O estágio deverá acontecer nos princípios de julho, com jogos pelo meio. Há pequenas arestas ainda por limar.

- O estrangeiro nunca esteve em equação?
- Havia uma possibilidade de rumar ao estrangeiro, sim. Mas temos a Taça da Liga, que é no dia 29 ou 30 de julho, já não há a possibilidade de fazer isso. Ficamos por cá, e ficamos muito bem.
António Barroso

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de BELENENSES

Belenenses Fábio Nunes não entra nos planos de Domingos Paciência e já se encontra a negociar a rescisão com o Belenenses. O extremo, de 24 anos, que os azuis foram contratar ao Tondela na última época, procura já uma solução para o futuro, dentro ou fora de po
Belenenses O treinador do Belenenses, Domingos Paciência, vai apostar em Bruno Pereirinha no meio-campo, segundo A BOLA. Apesar de ter atuado como lateral-direito em vários clubes durante a sua carreira, o reforço contratado aos brasileiros do Atlético Paranaen

destaques

classificações

Liga
Liga 2
1. ª jornada
2. ª jornada
classificação
1. ª jornada
2. ª jornada
classificação
13-08
Académica
-
Braga B
13-08
Arouca
-
Porto B
13-08
Benfica B
-
Nacional
13-08
Gil Vicente
-
Cova Piedade
13-08
V. Guimarães B
-
Oliveirense
13-08
Leixões
-
Varzim
13-08
Sporting B
-
Académico
13-08
Santa Clara
-
Covilhã
13-08
Penafiel
-
Famalicão
13-08
União
-
Real
J
V
E
D
G
P
1
Benfica
0
0
0
0
0-0
0
2
FC Porto
0
0
0
0
0-0
0
3
Sporting
0
0
0
0
0-0
0
4
V. Guimarães
0
0
0
0
0-0
0
5
SC Braga
0
0
0
0
0-0
0
6
Marítimo
0
0
0
0
0-0
0
7
Rio Ave
0
0
0
0
0-0
0
8
Feirense
0
0
0
0
0-0
0
9
Boavista
0
0
0
0
0-0
0
10
Estoril
0
0
0
0
0-0
0
11
Chaves
0
0
0
0
0-0
0
12
V. Setúbal
0
0
0
0
0-0
0
13
P. Ferreira
0
0
0
0
0-0
0
14
Belenenses
0
0
0
0
0-0
0
15
Moreirense
0
0
0
0
0-0
0
16
Tondela
0
0
0
0
0-0
0
17
Portimonense
0
0
0
0
0-0
0
18
Aves
0
0
0
0
0-0
0

Ver classificação detalhada
J
V
E
D
G
P
1
Académica
0
0
0
0
0-0
0
2
Académico
0
0
0
0
0-0
0
3
Arouca
0
0
0
0
0-0
0
4
Benfica B
0
0
0
0
0-0
0
5
Braga B
0
0
0
0
0-0
0
6
Cova Piedade
0
0
0
0
0-0
0
7
Covilhã
0
0
0
0
0-0
0
8
Famalicão
0
0
0
0
0-0
0
9
Gil Vicente
0
0
0
0
0-0
0
10
Leixões
0
0
0
0
0-0
0
11
Nacional
0
0
0
0
0-0
0
12
Oliveirense
0
0
0
0
0-0
0
13
Penafiel
0
0
0
0
0-0
0
14
Porto B
0
0
0
0
0-0
0
15
Real
0
0
0
0
0-0
0
16
Santa Clara
0
0
0
0
0-0
0
17
Sporting B
0
0
0
0
0-0
0
18
União
0
0
0
0
0-0
0
19
V. Guimarães B
0
0
0
0
0-0
0
20
Varzim
0
0
0
0
0-0
0

Ver classificação detalhada