SÁBADO, 29-04-2017, ANO 18, N.º 6300
JEEP
Jeep Compass II na Europa em 2018
19:27 - 27-11-2016
A Jeep soma e segue, apresentando-se cada vez mais como marca de referência para o consórcio Fiat Chrysler Automobiles, consequência do crescimento veloz nos principais mercados internacionais que regista (por exemplo, na Europa, nos primeiros 10 meses de 2016, progresso de 22,3%, contra a média de 7,2% na região, para 85.624 viaturas). Agora, como novidade, 2.ª geração do Compass. O sucessor do SUV compacto de 2006 tem lançamento no Velho Continente programado para o início de 2018, muitos meses depois da apresentação no salão de Genebra (9 a 19 de março de 2017).

Apresentado como o «SUV compacto mais capaz de sempre», o Compass é automóvel fundamental para o futuro da Jeep, por competir numa classe que vale cada vez maior número de vendas, contra Qashqai & Cia. O Jeep tem 4,420 m de comprimento e 2,640 entre eixos, enquanto o Nissan mede, respetivamente, 4,370 m e 2,646, o que permite antecipar alguma vantagem do modelo norte-americano tanto na habitabilidade como na capacidade de carga.

Este automóvel não substitui apenas o Compass. Proximamente, ponto final, também, na produção do Patriot, que sairá de cena sem sucessor. O SUV compacto fabricar-se-á no Brasil, na China, na Índia e no México (a geração atual é produzida nos EUA, decisão que contraria as indicações da administração nova da Casa Branca…). Na imagem, Jeep da cabeça aos pés, com a grelha tradicional de sete barras verticais no rosto. Na edição norte-americana, quatro níveis de equipamento – Sport, Latitude, Limited e Trailhawk, por ordem ascendente de preço –, tração dianteira ou quatro rodas motrizes (sistema Active Drive), motor de 4 cilindros e 2 litros a gasolina, com 180 cv, e caixa manual de 6 velocidades (em opção, caixa automática de 6 velocidades para os modelos 4x2 e de 9 velocidades para os 4x4). O Trailhwahk dispõe de mais 20 mm de altura livre ao solo e para-choques específicos, redutoras e programa de condução específico (Rock) para o fora de estrada mais agressivo. Demais modos: Auto, Snow, Sand e Mud. Nesta versão, 490 mm de capacidade de vau e 30º de ângulo de ataque, 24.º de ângulo ventral e 34º de ângulo de saída.

Na Europa, o Compass baseado na mesma plataforma do Renegade (4,394 m) e do Fiat 500X apresentar-se-á com motores mais pequenos, vide o 1.6 e-TorQ (110 cv) e os 1.4 MultiAir (140 cv e 170 cv) a gasolina ou o 1.6 Multijet (120 cv) e o 2.0 Multijet (140 cv) a gasóleo. Para o cockpit, a Jeep reivindica qualidades de nível premium e sistemas de info-entretenimento de ponta, com monitores táteis no centro do painel, com 5’’, 7’’ e 8’’, que admitem a integração de smartphones Apple e Android.
Auto Foco

VÍDEOS RELACIONADOS
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais de JEEP

JEEP O Jeep Yuntu – nuvem, em chinês – foi produzido através da parceria entre a Fiat Chrysler Automobiles e a chinesa Guangzhou, projetando futuro topo de gama da marca ameri
JEEP Novo Jeep Compass foi apresentado no Salão Automóvel de Genebra, com regresso ao mercado europeu calendarizado para este ano, assumindo-se claramente como alternativa a m