SÁBADO, 27-05-2017, ANO 18, N.º 6328
Moçambique
Líder UD Songo testado em Chimoio e Ferroviário de Maputo à espreita
16:56 - 19-05-2017
A 13ª jornada do Moçambola 2017 pode trazer um novo líder. A União Desportiva do Songo, a comandar com 26 pontos, defende a liderança defrontando no próximo domingo o Textáfrica, sabendo, porém, que não pode perder, sob o risco de ver o Ferroviário de Maputo, 2º classificado com 24 pontos, passar para frente. Os «locomotivas» recebem também no domingo a Associação Desportiva de Macuáca.

A UD do Songo e o Ferroviário de Maputo têm a particularidade de jogarem frente a adversários que jogam pela fuga aos lugares de despromoção.

A Liga Desportiva de Maputo, no terceiro lugar, com 22 pontos, tem por objetivo continuar a subir na classificação. Para tal terá que superar a UP de Lichinga, para que possa aproveitar um deslize da UD Songo ou do Ferroviário de Maputo. Uma derrota pode fazer com que se atrasem, na perseguição as duas formações da frente e até perderem o 3º lugar. É que o Costa do Sol, no 4º lugar com 21 pontos, está bem atento. Mas só poderá ganhar terreno se vencer o Clube do Chibuto.

Se a batalha pelos primeiros lugares está emotiva, a luta pela manutenção não é menos interessante. A ENH de Vilankulo é das equipas que corre o risco de cair para baixo da `linha de água´, caso não vença o Ferroviário de Nacala e o Textáfrica de Chimoio supere a UD do Songo.

O Desportivo de Nacala está também numa situação incómoda e precisa de vencer no reduto do Ferroviário de Nampula para ficar mais confortável na tabela classificativa.

O Chingale de Tete, penúltimo classificado, bate-se com o Ferroviário da Beira. São duas formações a precisarem de vencer para recuperar a confiança. A turma de Tete está quase que obrigada a vencer para não se afundar ainda mais, enquanto os «locomotivas», atuais campeões moçambicanos, jogam uma cartada importante, na medida em que uma vitória pode voltar a coloca-los nos lugares cimeiros, enquanto um cenário inverso pode ser catastrófico, no que diz respeito a aproximação da liderança. Os beirenses estão na 6ª posição com 17 pontos e estão já a 9 do 1º classificado.

A jornada abre na tarde do próximo sábado. No campo do Ferroviário de Quelimane, o 1º de Maio procura contrariar o favoritismo do Maxaquene. O momento é de desassossego para os «tricolores». Nos últimos 5 jogos, perderam 3 e empataram 1, uma prestação desastrosa que fez com que caíssem para a 9ª posição. Por outro lado, a turma da casa está motivada depois de ter ido ganhar ao reduto da Universidade Pedagógica de Lichinga.
Álvaro da Costa, Maputo

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais de MOÇAMBIQUE

Moçambique A 15ª jornada do Campeonato nacional de futebol da 1ª divisão (Moçambola) tem todos os jogos agendados para este domingo. Uma jornada que vai ser marcada pelo regresso de Artur Semedo aos bancos técnicos a orientar a equipa do Chibuto FC que recebe o
Moçambique Está ao rubro a luta pelo comando no Campeonato moçambicano da Divisão de Honra na Zona Norte. A 5ª jornada, a decorrer este sábado e domingo, promete ser de um grau dificuldade elevado para o líder da prova, o Ferroviário de Lichinga, visto que joga

destaques