DOMINGO, 23-07-2017, ANO 18, N.º 6385
Moçambique
Líder UD Songo testado em Chimoio e Ferroviário de Maputo à espreita
16:56 - 19-05-2017
A 13ª jornada do Moçambola 2017 pode trazer um novo líder. A União Desportiva do Songo, a comandar com 26 pontos, defende a liderança defrontando no próximo domingo o Textáfrica, sabendo, porém, que não pode perder, sob o risco de ver o Ferroviário de Maputo, 2º classificado com 24 pontos, passar para frente. Os «locomotivas» recebem também no domingo a Associação Desportiva de Macuáca.

A UD do Songo e o Ferroviário de Maputo têm a particularidade de jogarem frente a adversários que jogam pela fuga aos lugares de despromoção.

A Liga Desportiva de Maputo, no terceiro lugar, com 22 pontos, tem por objetivo continuar a subir na classificação. Para tal terá que superar a UP de Lichinga, para que possa aproveitar um deslize da UD Songo ou do Ferroviário de Maputo. Uma derrota pode fazer com que se atrasem, na perseguição as duas formações da frente e até perderem o 3º lugar. É que o Costa do Sol, no 4º lugar com 21 pontos, está bem atento. Mas só poderá ganhar terreno se vencer o Clube do Chibuto.

Se a batalha pelos primeiros lugares está emotiva, a luta pela manutenção não é menos interessante. A ENH de Vilankulo é das equipas que corre o risco de cair para baixo da `linha de água´, caso não vença o Ferroviário de Nacala e o Textáfrica de Chimoio supere a UD do Songo.

O Desportivo de Nacala está também numa situação incómoda e precisa de vencer no reduto do Ferroviário de Nampula para ficar mais confortável na tabela classificativa.

O Chingale de Tete, penúltimo classificado, bate-se com o Ferroviário da Beira. São duas formações a precisarem de vencer para recuperar a confiança. A turma de Tete está quase que obrigada a vencer para não se afundar ainda mais, enquanto os «locomotivas», atuais campeões moçambicanos, jogam uma cartada importante, na medida em que uma vitória pode voltar a coloca-los nos lugares cimeiros, enquanto um cenário inverso pode ser catastrófico, no que diz respeito a aproximação da liderança. Os beirenses estão na 6ª posição com 17 pontos e estão já a 9 do 1º classificado.

A jornada abre na tarde do próximo sábado. No campo do Ferroviário de Quelimane, o 1º de Maio procura contrariar o favoritismo do Maxaquene. O momento é de desassossego para os «tricolores». Nos últimos 5 jogos, perderam 3 e empataram 1, uma prestação desastrosa que fez com que caíssem para a 9ª posição. Por outro lado, a turma da casa está motivada depois de ter ido ganhar ao reduto da Universidade Pedagógica de Lichinga.
Álvaro da Costa, Maputo

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais de MOÇAMBIQUE

Moçambique A seleção moçambicana de futebol perdeu, este domingo, diante de Madagáscar, por 0-2, e ficou afastada da corrida ao CAN-Interno (CHAN) de 2018. Esta derrota, em pleno Estádio Nacional do Zimpeto, foi acolhida com muita tristeza e até alguma surpr
Moçambique O Estrela Vermelha goleou o Desportivo, por 7-2, em jogo da terceira jornada do campeonato de hóquei em patins da cidade de Maputo. Esta vitória coloca o Estrela como líder isolado com 6 pontos e confirma a posição de principal concorrente ao títu

destaques