SEXTA-FEIRA, 21-07-2017, ANO 18, N.º 6383
São Tomé e Príncipe
Governo concede vistos de entrada aos cidadãos da República Popular da China
17:39 - 16-05-2017
O governo de São Tomé e Príncipe decidiu atribuir vistos de entrada a todos os cidadãos da China que pretendam visitar o arquipélago e «isentar de visto de entrada e de permanência todos os chineses portadores de passaportes diplomáticos e de serviço», anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Um comunicado assinado pelo porta-voz do MNE, o embaixador Francisco Fernandes em Pequim, informa que «está garantida aos cidadãos da Republica Popular da China, titulares de passaportes ordinários ou comuns, a atribuição de vistos de entrada à chegada ao território nacional».

O documento acrescenta que «estão isentos de vistos de entrada e permanência no território nacional, por um período de 15 dias, os cidadãos chineses portadores de passaportes diplomáticos e especiais de serviço».

Esta decisão surge menos de um mês da assinatura, em Pequim, do Acordo Geral e Sectorial de Cooperação, na sequência do restabelecimento, em dezembro de 2016, das relações diplomáticas entre a China e São Tomé e Príncipe.

O governo de São Tomé e Príncipe tem defendido a promoção do turismo como forma de aprofundar a cooperação com a China, nomeadamente através da concessão de facilidades aos chineses que se desloquem ao arquipélago, «pela via do investimento nas infraestruturas turísticas, como é o caso da expansão do aeroporto internacional de São Tomé».
Redação

Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter

mais de SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

São Tomé e Príncipe Terminou a primeira volta do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão/Série São Tomé, com o Neves na liderança, com 24 pontos, dois de vantagem sobre a UDRA de Angolares e outros tantos face aos Dinâmicos de Folha Fede. Nos lugares de despromoção, estão
São Tomé e Príncipe A Inspeção-Geral da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território de Portugal e a Direção-Geral do Ambiente de São Tomé assinaram hoje um protocolo para a criação de um serviço de inspetores ambientais no arquipélago. «Nós fazemos inspeçõ

destaques