SEXTA-FEIRA, 06-05-2016, ANO 17, N.º 5942
Marcelo homenagiou músicos moçambicanos em Maputo (fotos)
Moçambique O presidente da Republica de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, homenagiou, na noite desta quinta feira, em Maputo, músicos moçambicanos de renome. Falamos de Moreira Choguiça, Kika Matarula, Stuwart Sukuma, Estela Mendonça e Dilon Djinje.
Desportivo a uma vitória do título regional de Santiago Sul
Cabo Verde O Desportivo da Praia pode fazer a festa do título de campeão regional de futebol de Santigo Sul, se vencer, esta sexta-feira, o Varanda, em jogo que marca o arranque da última jornada. Com 43 pontos, o Sporting e o Boavista, que defrontam o Eugénio Lima e Celtic, respetivamente, ficam à espreita de um deslize da equipa militar, que lidera o campeonato com mais um ponto. Jogos da 22ª jornada: Desportivo-Varanda (sexta-feira) Delta-Travadores (sexta-feira) Boavista–Celtic (sábado) Vitória–Garridos (sábado) Eugénio Lima–Sporting (domingo) Académica-Bairro (domingo)
Ministra da Justiça anuncia “tolerância zero” à criminalidade
Cabo Verde A ministra da Justiça de Cabo Verde, Janine Lélis, que presidiu esta quinta-feira, na cidade da Praia, abertura oficial da 25ª reunião plenária da Comissão Técnica do Grupo Inter-governamental de Ação contra o Branqueamento de Dinheiro na África Ocidental (GIABA), garantiu que Governo vai atuar no sentido de passar a ideia de que «o crime não compensa». «O novo Governo vai instituir tolerância zero à criminalidade, fazendo ações concertadas dos sectores da justiça e da segurança, para que possamos garantir paz e segurança, e para que os criminosos possam perceber que as autoridades estarão a atuar e que não fique a ideia de que o mundo do crime pode», afirmou. Janine Lélis disse ainda que é preciso estabelecer uma estratégia para a luta contra o branqueamento de capital, que provoca o «enfraquecimento» da sociedade, do sistema democrático e das estruturas económicas legitimamente instituídas, a todos os níveis, para além de gerar a corrupção.
Frelimo insiste em encontro entre Filipe Nyusi e Afonso Dhlakama
Moçambique A bancada parlamentar da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, partido no poder) insistiu, uma vez mais, num encontro entre o presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo,) Afonso Dhlakama, «antes da intervenção de uma mediação internacional». Esta posição foi assumida, esta quinta-feira, em Maputo, pela líder da bancada parlamentar da Frelimo, Margarida Talapa. Em declarações à Imprensa, minutos após o fim da visita do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, ao Parlamento moçambicano, Margarida Talapa ressalvou ainda. «O que queremos é que Dhlakama se sente à mesa com Filipe Nyusi e discutam, num clima de paz e fraternidade, os problemas nacionais, antes de levarem para fora do país questões politicas, aquelas que devem discutidas pelos políticos moçambicanos», afirmou.
Seleção nacional segura 102.º lugar no ranking da FIFA
Guiné-Bissau A seleção de futebol da Guiné-Bissau, que subiu 45 lugares no ranking da FIFA relativo a abril, manteve o 102.º posto na mais recente atualização da hierarquia do organismo que tutela o futebol mundial. No mês passado, os Djurtus, comandados por Baciro Candé, estiveram em destaque no site da FIFA. «Guiné-Bissau mais forte do que nunca», podia ler-se no título do artigo, tudo porque a formação guineense alcançou, no início de abril, a melhor classificação no ranking da FIFA desde 1993.
Miller Gomes já não é treinador do Kabuscorp
Kabuscorp A direcção do Kabuscorp do Palanca emitiu ontem um comunicado no qual dava conta que tinha aceite o pedido de demissão de Miller Gomes do cargo de treinador. Numa mensagem assinada pelo presidente Bento dos Sanos Kangamba diz-se que o treinador pediu a demissão do cargo que ocupava logo após a derrota frente ao Petro de Luanda (0-1) e que «analisados os argumentos apresentados por Miller Gomes, que mereceu atenção cuidada, ponderaram-se todas as situações e chegou-se a acordo para a rescisão do vínculo contratual de forma amigável e por mútuo acordo». Acrescentando que «o Kabuscorp está já a trabalhar para encontrar um novo treinador», a direção informa que «a dupla de adjuntos Adilson Gomes e Mateus Agostinho "Bodunha" vão orientar a equipa nos próximos jogos». O presidente Bento Kangamba fez questão de se despedir do treinador agradecendo «o grande profissionalismo e humildade que o treinador sempre dedicou ao clube», desejando «muitos êxitos nos futuros compromissos profissionais do treinador».
Seleção de futebol mantém 150.º lugar no ranking da FIFA
São Tomé e Príncipe Na mais recente atualização da hierarquia do organismo que tutela o futebol mundial (FIFA), a seleção de futebol de São Tomé e Príncipe surge na posição 150, a mesma que ocupava em abril. Os comandados de Gimboa são, recorde-se, o lanterna vermelha do grupo F de qualificação para a fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN-2017), com apenas três pontos conquistados em quatro jornadas.
Club Brugges atento a António Dominique
1.º Agosto António Dominique, jovem guarda-redes do 1.º Agosto, de apenas 21 anos, está a ser seguido pela equipa balga do Clubb Brugges e poderá voltar ao futebol europeu logo no início do mªes de zembro de 2016. Michel Preud’homme, antigo guarda-redes da seleção da Bélgica e um dos melhores de sempre naquela posição, já terá falado com os representantes do jogador e tem seguido as atuações do dono da baliza do 1.º Agosto e da seleção de Angola. António Dominique está muito entusiasmado com a possibilidade de voltar ao futebol europeu e logo para um clube que lutará pelo título na Bélgica e consequentemente andará pelas competições europeias. No entanto, entende o jovem do 1.º Agosto que seria fantástico poder terminar a época em Angola com o título pelo clube militar, algo que sempre sonhou ter no currículo. Refira-se que António Dominique tem nacionalidade suíça e angolana, tendo feito a formação no Lausanne. Depois desta aventura em Angola continuará a carreira na europa, acreditando que poderá cumprir o sonho de chegar aos campeonatos mais competitivos, como Inglaterra, Espanha ou Alemanha.
Governo reitera total apoio à seleção de futsal no Mundial da Colômbia
Moçambique O governo moçambicano, através do Ministério da Juventude e Desporto, reiterou «total apoio à seleção de futsal», que, recentemente, apurou-se pela primeira vez para um Mundial da modalidade (na Colômbia, em setembro), «durante o período de preparação e durante a competição». Garantia avançada pelo ministro da Juventude e Desporto, Alberto Nkutumula, durante a cerimónia de receção da seleção moçambicana de futsal, que começou por felicitar «pelo brioso terceiro lugar alcançado no CAN», encorajando-a a realizar um bom desempenho no Mundial. «As vossas exibições no CAN deixaram o país orgulhoso e tudo faremos para que consigam mais uma boa prestação, desta feita na Colômbia. O governo, mesmo neste momento de crise, tem um grupo de parceiros que ainda acredita no desporto e já manifestou total apoio à seleção», concluiu Alberto Nkutumula.
Ministra da Defesa promete mais investimentos para melhorar saúde dos militares e população
Guiné-Bissau A ministra da Defesa Nacional afirmou, esta quinta-feira, que a saúde das populações e dos militares guineenses «não têm preço nem limite de investimento» por parte do Estado. Estas palavras foram proferidas, em Bissau, por Adiatu Djaló Nandigna na cerimónia de abertura da primeira Conferência Nacional sobre Doença Cardiovascular-Hipertensão. «A hipertensão tornou-se num fenómeno medonho na nossa sociedade, pois tem custado a vida a milhares de guineenses, deixando muitos com sequelas irreparáveis», assinalou a ministra da Defesa Nacional. Djaló Nandigna ressalvou, por outro lado, que a doença é evitável, desde que sejam tomadas as «devidas precauções». Segundo especialistas, a hipertensão tem aumentado consideravelmente em África nos últimos anos, em grande parte devido à falta de cuidados alimentares e estilo sedentário de vida.
Tubarões Azuis mantêm mesma classificação no ranking da FIFA
Cabo Verde A seleção de futebol de Cabo Verde conservou o 47º lugar no ranking da FIFA, com 620 pontos, conforme a atualização desta quinta-feira. Os Tubarões Azuis mantêm também o sexto lugar a nível africano, numa classificação que continua a ser liderada pela seleção da Argélia.