SEXTA-FEIRA, 27-03-2015, ANO 16, N.º 5536
Angola e Moçambique entre países mais promissores da África subsariana
Angola Um relatório do Banco Nacional do Catar aponta Angola e Moçambique como dois dos seis países mais promissores da África subsariana em 2015. «Saber a diferença entre diamantes em bruto e simples pedras é essencial. Apontamos seis países que tiveram um forte desempenho nos últimos cinco anos e os mais promissores para a região em 2015: Angola, Quénia, Moçambique, Nigéria, Tanzânia e Uganda», considera o banco, que, citado pelo diário árabe The Peninsula, frisa que estes são «diamantes económicos reais». Lembrando o crescimento económico previsto pelo Fundo Monetário Internacional - 6,5% neste e no próximo ano -, o banco diz que «o país com a expansão económica mais acelerada é Moçambique», que tem o seu crescimento «alicerçado nos grandes investimentos em mega-projetos e com investimentos estruturantes e substanciais no setor da energia». Angola, por sua vez, é descrita como «o segundo maior produtor de petróleo a seguir à Nigéria, e rica noutros recursos naturais como os diamantes», com o relatório a apontar, ainda, o excedente orçamental de 4,1% registado em 2014 e a previsão de 5,9% para 2015.
Excesso de álcool responsável, diretamente, por 83 mortes em 2014
Inhambane Informações provenientes da província de Inhambane, indicam que durante o ano passado 83 pessoas morreram como resultado do consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Indirectamente, o excesso de álcool é também responsabilizado por outras mortes, nomeadamente as que resultam por desacatos em resultado de embriaguez, com recurso a armas brancas, como denuncia a Policia da Republica de Moçambique (PRM) em Inhambane. Quatro distritos nomeadamente Inharrime, Maxixe, Vilanculos e Massinga são apontados pela PRM como aqueles que mais casos registaram em 2014, onde as bebidas tradicionais, geralmente conhecidas como bebidas espirituais, são as mais consumidas. O Governo, através do Instituto Nacional de Actividades Económicas (INAE), decidiu já decretar a proibição da venda de algumas dessas bebidas, como o caso de Caravela, Boss e Tentação, mas a proibição não tem impedido a continuação do consumo das mesmas.
Conferência internacional foi «um grande sucesso» - José Mário Vaz
Guiné-Bissau O Presidente guineense, José Mário Vaz, considerou, esta quinta-feira, em Lisboa que a conferência internacional sobre a Guiné-Bissau, realizada na quarta-feira, foi um «grande sucesso» e que os compromissos assumidos pelo país africano lusófono devem ser respeitados. «Eu posso afirmar que foi, de facto, um grande sucesso a mesa redonda de Bruxelas. É uma grande responsabilidade para nós dirigentes hoje na Guiné-Bissau», afirmou José Mário Vaz, que falava à saída de um encontro com o seu homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém, em Lisboa. A conferência internacional sobre a Guiné-Bissau, recorde-se, permitiu mobilizar mais de mil milhões de euros de apoios prometidos pela comunidade internacional, com Portugal a comprometer-se com um programa de cooperação de 40 milhões de euros. «Julgamos que a comunidade internacional fez aquilo que deveria ter feito e, agora, compete a nós cumprirmos com a nossa parte, respeitarmos todos os compromissos que foram assumidos durante a mesa redonda de Bruxelas», acrescentou José Mário Vaz.
Detidas 23 pessoas suspeitas de participarem no atentado ao Museu do Bardo
Tunísia O governo tunisino anunciou esta quinta-feira a detenção de 23 pessoas, suspeitas de pertencerem à «célula terrorista» que orquestrou o ataque ao Museu do Bardo, em Tunes, do qual resultaram mais de 20 mortos, na sua maioria turistas de nacionalidade estrangeira. «Foram detidas 23 pessoas, incluindo uma mulher», afirmou aos jornalistas, o ministro do Interior da Tunísia, Najem Gharsalli. Segundo o governante, todos os detidos são de nacionalidade tunisina mas, pelo menos, dois marroquinos, um argelino e um tunisino estão em fuga. Além disso, Najem Gharsalli indicou que a operação terrorista foi dirigida por um líder jihadista de nacionalidade argelina e considerado um dos responsáveis do Okba Ibn Nafaa, um grupo com ligações à Al-Qaeda. Desta forma, foi colocada em causa a reivindicação da autoria do ataque pelo autoproclamado Estado Islâmico.
Eneida Marta apresenta novo álbum no Porto e em Lisboa
Guiné-Bissau A cantora Eneida Marta, embaixadora da música da Guiné-Bissau, estará em Portugal para apresentar o seu novo álbum Nha Sunhu (Meu Sonho), que será lançado a 6 de abril. Nha Sunhu será dado a conhecer ao público português em dois concertos, na Casa da Música (Porto) e na Culturgest (Lisboa), nos dias 28 e 29 de maio, respetivamente.
Justiça obriga universidade a aceitar matrícula de estudante guineense
Brasil a Justiça Federal obrigou a Universidade Federal do Rio Grande do Sul a aceitar a matrícula de Domingas Mendes, 27 anos, natural da Guiné Bissau, no curso de Serviço Social. Domingas Mendes matriculou-se ao abrigo do sistema de cotas, mas a Universidade vetou a inscrição alegando que o ensino médio não tinha sido feito no Brasil, algo que o Tribunal entendeu não ter cabimento. «A própria LDBE (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), no referido artigo 44, dispõe que o ensino de graduação está aberto a candidatos ‘que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e tenham sido classificados em processo seletivo’, sem diferenciar quanto à nacionalidade do estabelecimento de ensino onde foi cursado o ensino médio ou equivalente», pode ler-se no acórdão. O magistrado também considerou que «o país de origem da estudante apresenta baixo índice de desenvolvimento humano e é considerado pela Unesco uma das nações com mais dificuldades educacionais da África, o que justificaria a inclusão no sistema de cotas». Solidariedade com guinenese Curiosamente, Domingas Mendes tem estado a assistir às aulas de forma informal e a receber a solidariedade dos colegas, professores e do escritório de advogados onde trabalha como secretária. Advogados que estão a assumir a defesa da estudante guineense, num processo que segue agora para recurso, segundo avançou já a universidade.
Chuvas em Benguela fazem cinco mortos
Angola Pelo menos cinco pessoas morreram devido às fortes chuvas que caíram na noite de quarta-feira, na província angolana de Benguela, segundo um balanço provisório das autoridades governamentais locais. Em conferência de imprensa, o administrador municipal de Benguela, Leopoldo Muhongo, afirmou que as mortes registadas sucederam durante as primeiras horas das chuvas, altura em que várias pessoas tentaram fazer a travessia do rio Cavaco, tendo sido arrastadas pela força das águas. «Existe um número ainda impossível de calcular e avançar dados mais efetivos de casas que poderão ter sido arrastadas pela força das águas, um pouco por todo o município de Benguela», acrescentou Leopoldo Muhongo. O responsável referiu que o caudal do rio continua ligeiramente alto, estando as equipas de trabalho a aguardar a sua diminuição para a contabilização dos danos causados pelas chuvas.
Guebuza pede coesão contra «inimigos» da Frelimo
Moçambique Armando Guebuza, presidente da Frelimo, alertou os militantes para os perigos dos inimigos internos e para a necessidade de coesão como forma de «cumprir o desígnio reformista» do partido. «Preocupa-nos a postura de alguns camaradas, que publicamente engendram ações que concorrem para perturbar o normal funcionamento dos órgãos e instituições», denunciou, no discurso de abertura da IV sessão ordinária do comité central da Frelimo. «Esses não querem uma Frelimo forte, omnipresente e popular. O objetivo é abater a Frelimo. Os nossos adversários batalham dia e noite pela materialização dos sonhos deles. Cabe a nós batalharmos sempre unidos, coesos e firmes, para que esses sonhos se transformem em pesadelo», juntou. O que é a democracia? Armando Guebuza congratulou-se com a vitória nas eleições presidenciais de 15 de outubro último, que resultou na escolha de Filipe Nyussi como Chefe de Estado. E vincou a vocação da Frelimo. «Só a Frelimo tem capacidade de se renovar mantendo as grandes linhas da continuidade. A Frelimo renova-se para encontrar respostas que os desafios que a conjuntura levanta. Resposta que não pode colocar em causa a visão de Moçambique, os valores e princípios que nos informam. E que visam a melhoria das condições de vida dos moçambicanos e o progresso de Moçambique», vincou. Para Armando Guebuza, «o povo não vota de forma automática». «O povo sabe que só com a sua Frelimo é possível mudar para o melhor». Pelo que, «não é a alternância que dá vitalidade à democracia, é antes a possibilidade de alternância, o que estimula os políticos a darem o seu melhor». «A visão, princípios e valores da Frelimo sobre Moçambique são firmes e inalienáveis. Desde 25 de junho de 1962. São compromissos não negociáveis e que servem de bússola ética e política para os membros. Não damos razões ao maravilhoso povo moçambicano para mudar, porque a Frelimo chama a si a tarefa de operar mudanças. Enquanto assim for, o nosso povo não sentirá a necessidade de perverter o sentido da democracia, mudando apenas por mudar.»
Fragata portuguesa Bartolomeu Dias em Luanda para ação de formação
Angola A fragata Bartolomeu Dias, da Marinha Portuguesa, atracou, esta quarta-feira, na capital Luanda, onde permanecerá até 2 de abril. Durante esse período, militares portugueses e angolanos vão desenvolver ações de formação na área do mergulho de combate, abordagem a navios e combate à pirataria, no âmbito da cooperação entre os dois países. Em declarações à imprensa, o comandante do navio, capitão-de-fragata Paulo Cavaleiro Ângelo, salientou que a vinda a Angola visa o aprofundamento da cooperação com países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), bem como a participação no exercício militar Obangame Express-2015, a decorrer no Golfo da Guiné.
Banco Africano de Desenvolvimento disponibiliza mais 20 milhões de dólares
São Tomé e Príncipe O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) anunciou, esta quarta-feira, a concessão de 20 milhões de dólares com vista à garantia da continuidade do projeto de infraestruturas de segurança alimentar em São Tomé e Príncipe. De acordo com Flávio Gama, delegado da instituição bancária naquele país, o novo envelope financeiro, que sucede um outro de sete milhões de dólares, que expira este ano, terá início em janeiro de 2016. O projeto em causa consiste na construção e reconstrução de várias obras, nomeadamente pistas rurais, estruturas de irrigação agrícola, e agroalimentar no âmbito de luta contra a pobreza em São Tomé e Príncipe.

Angola

classificações

Angola - Girabola
Moçambique - Moçambola
6. ª jornada
7. ª jornada
classificação
25. ª jornada
26. ª jornada
classificação
05-04
ASA
-
Progresso Lunda
05-04
Interclube
-
Benfica Luanda
05-04
Petro Luanda
-
Rec. Caála
05-04
Sporting Cabinda
-
Rec. Libolo
05-04
Sag. Esperança
-
Ac. Lobito
05-04
Progresso
-
1º de Agosto
05-04
Domant Bengo
-
Kabuscorp
05-04
Bravos Maquis
-
Desp. Huíla
Desp. Maputo
-
HCB Songo
CD Nacala
-
1° Maio Quelimane
Chibuto FC
-
Costa do Sol
Liga Muçulmana
-
Fer. Beira
Fer. Nampula
-
Fer. Maputo
Fer. Quelimane
-
Fer. Nacala
ENH Vilankulo
-
Maxaquene
J
V
E
D
G
P
1
Interclube
6
3
3
0
11-3
12
2
Rec. Libolo
4
3
1
0
10-5
10
3
Kabuscorp
6
2
4
0
9-7
10
4
ASA
6
2
3
1
6-3
9
5
Benfica Luanda
5
2
2
1
7-3
8
6
Petro Luanda
5
2
2
1
4-4
8
7
Bravos Maquis
6
2
1
3
6-9
7
8
Domant Bengo
6
2
1
3
7-11
7
9
Progresso Lunda
5
2
1
2
7-5
7
10
Ac. Lobito
6
2
0
4
7-7
6
11
Rec. Caála
6
0
6
0
4-4
6
12
Desp. Huíla
5
1
3
1
4-5
6
13
Sporting Cabinda
6
1
3
2
6-10
6
14
Sag. Esperança
6
1
2
3
2-8
5
15
1º de Agosto
5
1
1
3
4-6
4
16
Progresso
5
1
1
3
3-7
4
J
V
E
D
G
P
1
CD Nacala
2
2
0
0
3-0
6
2
Maxaquene
2
2
0
0
3-0
6
3
Costa do Sol
2
1
1
0
1-0
4
4
Liga Muçulmana
2
1
1
0
1-0
4
5
Fer. Nacala
2
1
0
1
2-2
3
6
HCB Songo
2
1
0
1
1-1
3
7
Desp. Maputo
2
1
0
1
1-2
3
8
Fer. Maputo
2
1
0
1
1-2
3
9
Fer. Nampula
2
1
0
1
2-1
3
10
Fer. Beira
2
1
0
1
1-2
3
11
1° Maio Quelimane
2
0
1
1
0-1
1
12
Chibuto FC
2
0
1
1
0-1
1
13
ENH Vilankulo
2
0
0
2
1-3
0
14
Fer. Quelimane
2
0
0
2
0-2
0