Leão testa invencibilidade de Rui Vitória

Benfica 03-01-2018 08:17
Por Redação
Não foi feliz o arranque de Rui Vitória, enquanto treinador do Benfica, com os grandes: cinco jogos, cinco derrotas, em 2015/16. Foi, no entanto, na hora H que o técnico recebeu aquilo de que mais precisava. Em Alvalade, um golo de Mitroglou na primeira parte decidiu o derby e ajudou o Benfica a chegar ao título.

E ali começava a transformação de Rui Vitória em jogos grandes, pois em 2016/17 não perdeu qualquer dos quatro encontros com Sporting e FC Porto, todos referentes à Liga. Triunfo sobre Sporting na Luz (2-1) e empate em Alvalade (golo de Lindelof, de livre direto), empate a um golo no Dragão (Lisandro López, central argentino que substituiu Luisão ainda na primeira parte, marcou em cima do apito final). No jogo em Lisboa, Jonas colocou o Benfica à frente, de grande penalidade, Maxi Pereira empatou.

Rui Vitória não perde, pois, um jogo grande desde 12 de fevereiro de 2016 (FC Porto, 1-2, na Luz), regista série de seis partidas sem derrotas, mas está ainda com saldo claramente negativo: apenas dois triunfos em 11 encontros, quatro empates e as tais cinco derrotas iniciais, três delas com o Sporting e em competições diferentes.

No saldo de golos, contas também no vermelho: oito golos marcados, 13 sofridos, uma vez mais pagando a fatura por 2015/16. Esta época, Vitória manteve a série de invencibilidade no Dragão, mas hoje está novamente à prova.
Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais