McGregor lembra morte de português para justificar ataque a árbitro

Luta 14-11-2017 20:10
Por Redação
Connor McGregor veio justificar a invasão do octógono de Dublin, no último fim-de-semana, e o ataque ao árbitro do combate entre Charlie Ward e John Redmond.

«O árbitro Marc Godard estava a cometer um erro horrível ao tentar levantar do chão um lutador inconsciente e forçá-lo a combater o segundo ‘round’. Mesmo contra o pedido do treinador desse lutador. O combate tinha terminado», explicou o irlandês em comunicado.

McGregor recordou o lutador português João Carvalho, que morreu em abril do ano passado após o combate de estreia no MMA, precisamente frente a Charlie Ward.

«Depois de ter visto o meu lutador num combate em que o pior aconteceu e o adversário faleceu dos ferimentos desse mesmo combate, pensei que o pior estava prestes a acontecer de novo. Perdi a cabeça e exagerei. Peço desculpa a todos», acrescentou.

«Como múltiplo campeão de UFC, produtor executivo, um exemplo e uma figura pública, o meu comportamento deve ser exemplar», reforçou no comunicado, onde pediu desculpa a todos os envolvidos: árbitros, organização e equipa adversária.
Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais