Polícia não tem pistas sobre motivações do atirador de Las Vegas

Estados Unidos 07-10-2017 00:02
Por Redação
A polícia de Las Vegas reconheceu, esta sexta-feira, não ter nenhuma pista credível sobre as motivações do atirador que no domingo passado matou 59 pessoas e feriu centenas de outras num festival de música naquela cidade norte-americana.

«Neste momento, não temos qualquer pista credível sobre as motivações do atirador», declarou o xerife-adjunto de Las Vegas, Kevin McMahill, cinco dias após o tiroteio já considerado como o mais mortífero da história dos Estados Unidos.

«No passado, as motivações para os ataques terroristas ou assassínios em massa foram claramente enunciadas, nas redes sociais, através de um telefonema ou mesmo através da investigação dos dados informáticos de um computador», referiu o xerife-adjunto, acrescentando que até ao momento a investigação não encontrou nenhum indício nas hipóteses referidas, prometendo ainda que a investigação vai continuar até que exista alguma informação sobre as motivações do atacante.

Stephen Paddock, de 64 anos, disparou no passado domingo sobre uma multidão que assistia a um festival de música country em Las Vegas. A par das 59 vítimas mortais, o atirador feriu mais de 500 pessoas.
Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais