Bruxelas garante que a Catalunha «nunca será membro da UE»

Espanha 05-10-2017 21:25
Por Redação
O comissário europeu para os Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, garantiu, esta quinta-feira, que a Catalunha «nunca será membro da União Europeia» caso se torne um Estado independente.

O ex-ministro francês não deixou dúvidas: «Imaginemos que vai haver uma independência, e nessa situação uma Catalunha independente não seria membro da União Europeia, que apenas reconhece um Estado-membro que é a Espanha. Mas estamos no domínio da ficção, porque, na realidade, não existe a independência catalã», acrescentou.

Moscovici espera, aliás, que o conflito entre Madrid e Barcelona seja «resolvido pelos espanhóis».

«Não é em Bruxelas, nem em Paris, nem noutro local que o impasse deve ser solucionado», sublinhou, apelando ao diálogo e à distensão após as «imagens de violência do fim de semana, que chocam legitimamente».

No domingo realizou-se um referendo na Catalunha para decidir sobre a independência da região em relação a Espanha, acto declarado ilegal pelo Tribunal Constitucional.

No referendo, participaram 2,2 milhões de pessoas, num máximo de 5,3 milhões de eleitores catalães e 90% dos votos terão sido a favor da independência, segundo contas do Governo regional da Catalunha.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais