Justiça abre processo contra polícias e dirigentes da Catalunha

Espanha 04-10-2017 12:43
Por Redação
A justiça de Espanha abriu esta quarta-feira processos contra o chefe da polícia da Catalunha e responsáveis independentistas, um dia depois do discurso do rei Felipe VI contra os dirigentes catalães.

Após o referendo para a independência catalã, proibido e marcado pela violência policial, Madrid e Barcelona travam um conflito que é considerado mais grave desde o golpe falhado de 1981.

Charles Puigdemont, encorajado pelo referendo, assegurou que se prepara para declarar independência «no final da semana ou no princípio da próxima semana».

A justiça espanhola anunciou ter «convocado com vista a acusação formal» o chefe dos Mossos d`Esquadra (polícia regional catalã), Josep Lluis Trapero, uma sua adjunta e dois dirigentes de associações independentistas, no âmbito de um «inquérito por sedição».

Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais