«Era muito fraco, aos 11 anos tomei uma decisão» - Cristiano Ronaldo

Real Madrid 03-10-2017 15:21
Por Redação
O internacional português assina um artigo no The Players Tribune sobre a sua carreira. Entre vários episódios, lembra o início difícil na Madeira e o dia em que tomou uma decisão pessoal.

«Tinha 11 anos quando me mudei da Madeira para a Academia do Sporting. Foi a etapa mais difícil da minha vida», conta Cristiano Ronaldo, revelando que chorou quase todos os dias. «Foi como mudar para outro país, até a acentuação parecia que se falava outra língua. A cultura era diferente. Não conhecia ninguém. A minha família apenas vinha ver-me a cada quatro meses, mais ou menos», prossegue.

CR7 valoriza, então, que o futebol o ajudou «a seguir em frente», tendo, contudo, pela frente novo desafio: «Havia sempre alguém que me dizia ‘é uma pena que sejas tão pequeno’».

«E era verdade, era muito fraco. Não tinha musculo. Aos 11 anos tomei uma decisão. Já sabia que tinha mais talento que os outros e nessa altura decidi que também iria trabalhar muito mais duro que eles. Não iria jogar como um miúdo. Não iria comportar-me como um miúdo. Iria treinar-me com a convicção de que iria chegar a ser o melhor do mundo», escreve o internacional português, relatando outro episódio curioso relacionado com o tema:

«Quando tinha 15 anos, juntei-me a alguns companheiros durante um treino e disse-lhes: ‘um dia serei o melhor jogador do mundo’. Riram-se. Ainda nem estava na primeira equipa do Sporting, mas era o que eu pensava na verdade. Disse-o totalmente sério.»
Ler Mais
Comentários (81)

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais