Lula da Silva dispensa testemunhas no processo sobre tráfico de influências

Brasil 26-09-2017 18:59
Por Redação
O antigo presidente do Brasil e o seu filho, o empresário Luís Cláudio Lula da silva, dispensaram metade das testemunhas que tinham indicado no processo sobre tráfico de influências.

De acordo com o jornal brasileiro O Estado de S. Paulo, os advogados de Lula da Silva pediram ao juiz responsável que ouvisse 80 testemunhas, mas agora pediram que fossem dispensadas 40.

Estas alterações atrasam o julgamento na primeira instância, uma situação que beneficiará o ex-presidente que pretende candidatar-se às presidenciais de 2018, mas não poderá se for condenado em duas instâncias.

Neste processo, Lula da Silva e o seu filho estão acusados de integrar um esquema de tráfico de influências para viabilizar a compra de 36 caças suecos e de influenciar a decisão de prorrogar incentivos fiscais.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais