Forças armadas anunciam cerco à favela da Rocinha

Brasil 22-09-2017 19:31
Por Redação
As forças armadas do Brasil preparam-se para realizar um cerco à comunidade da Rocinha, uma grande favela do Rio de Janeiro onde vivem pelo menos 70 mil pessoas.

A decisão foi tomada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, que acatou um pedido do governador daquele Estado brasileiro, Luiz Fernando Pezão, para que fossem enviados militares ao local.

Segundo o ministro da Defesa, 700 membros da polícia e do exército participarão do cerco à favela, numa ação anunciada cinco dias depois de um aumento dos confrontos entre traficantes rivais naquela área.

No último domingo, um grupo de traficantes tentou tomar o controlo da Rocinha de outros criminosos, desencadeando tiroteios intensos que aterrorizaram os moradores.
Ler Mais

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais