Oito pessoas acusadas de aceder de forma ilegal a canais de televisão

Porto 08-01-2018 19:39
Por Redação
O Ministério Publico (MP) acusou esta segunda-feira oito pessoas de, em coautoria, aceder de forma ilegal a canais de televisão de acesso condicionado mediante cardsharing, adiantou a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Na nota, a procuradoria explicou que o MP considerou indiciado que um dos arguidos adulterou, em 2014, recetores de televisão para que pudessem fazer emparelhamento com os dados informáticos retirados de um cartão legítimo, colocados online por um outro suspeito, num servidor na Holanda.

Os suspeitos estão acusados, em coautoria, de um crime de acesso ilegítimo e de burla informática e nas comunicações.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais