«600 guardas prisionais de ´baixa` durante a greve» - Jornal de Notícias

Revista de Imprensa 03-01-2018 09:15
Por Redação
«Sindicato diz que falta de pessoal motiva tanta doença. Direção-geral agirá se detetar processos fraudulentos na ausência ao trabalho.

Um elevado número de baixas médicas foi interposta pelos guardas prisionais nas últimas semanas, fazendo com que haja cerca de 600 profissionais daquela força de segurança que estão sem trabalhar por motivos de doença em todo o país, numa altura em que eles estão em greve.»
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais