Homem criou site falso de banco e foi condenado a sete anos e meio de prisão

Justiça 07-12-2017 19:27
Por Redação
O Tribunal São João Novo condenou, esta quinta-feira um homem a sete anos e seis meses de prisão pela criação de um site falso de um banco e enviar e-mails aos seus clientes com o intuito de obter dados e movimentar as suas contas.

Os juízes condenaram ainda outro arguido a quatro anos e seis meses de prisão por tráfico de droga depois de lhe ter sido apreendido em casa haxixe. Outros quatro arguidos foram absolvidos por não se provar o seu envolvimento no caso.

O tribunal provou que entre 8 de janeiro de 3 de fevereiro de 2016 o principal arguido conseguiu desviar 96 mil euros de dezasseis contas bancárias de clientes em Aveiro, Guimarães, Lisboa, Olhão e Porto.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais