Caracas acusa EUA de quererem semear o caos no Médio Oriente

Venezuela 06-12-2017 23:35
Por Redação
A Venezuela acusou, esta quarta-feira, os Estados Unidos de quererem continuar a semear o caos no Médio Oriente, ao reconhecer Jerusalém como capital de Israel e ao mudar a sua embaixada de Telavive para aquela cidade.

«O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, em nome do povo e do Governo bolivariano, manifesta o mais firme repúdio e condena a decisão arbitrária do Governo norte-americano de reconhecer a cidade de Jerusalém, ocupada ilegalmente por Israel, como capital do Estado de Israel, assim como de transferir para essa cidade a sua embaixada», refere o Ministério dos Negócios Estrangeiros em comunicado.

O documento sublinha que a Venezuela «condena toda a ação arbitrária, unilateral e sem consulta que procure afiançar a presença ilegal do Estado de Israel sobre o Território Palestiniano ocupado e a sua anexação à cidade de Jerusalém».
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais