Maduro diz-se «traído» pelos companheiros

Venezuela 06-12-2017 21:19
Por Redação
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse esta quarta-feira que se sentia «traído» pelos companheiros corruptos e agradeceu ao Ministério Público pela atenção a denúncias de irregularidades na empresa petrolífera estatal.

«Sinto-me traído por um grupo de companheiros que tomaram os seus cargos para roubar o povo», disse.

«Quem se converter em corrupto é um traidor. Quem roubar o povo será castigado (...) o único que um ladrão pode esperar é que lhe chegue pronto a revolução e a justiça e que seja algemado», rematou Maduro.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais