Estado Islâmico destruíu 80 locais arqueológicos e 90 santuários

Iraque 08-11-2017 18:05
Por Redação
O grupo extremista Estado Islâmico (EI) destruiu 80 locais arqueológicos e 90 santuários religiosos no Iraque, nos últimos três anos, revelou hoje o ministro iraquiano da Cultura, Turismo e Antiguidades, Friad Ruandzi.

Em conferência de imprensa promovida pela UNESCO, o ministro iraquiano da Cultura, Turismo e Antiguidades, Friad Ruandzi, destacou que os `jihadistas´ realizaram «uma operação de limpeza cultural», mantendo sob controlo mais de quatro mil locais arqueológicos.

Friad Ruandzi acrescentou que o grupo extremista EI dinamitou alguns dos locais, danificaram outros e roubaram peças, para as vender, com o propósito de recolherem fundos para as atividades terroristas.
Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais